- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Ministro destaca heroísmo dos patriotas que a 4 de Fevereiro de 1961...

Ministro destaca heroísmo dos patriotas que a 4 de Fevereiro de 1961 se levantaram contra o colonialismo português

O ministro da Administração do Território, Bornito de Sousa, destacou hoje, segunda-feira, na localidade de Xangongo, província do Cunene, o heroísmo das patriotas que a 4 de Fevereiro de 1961 se levantaram contra o colonialismo português.

Bornito de Sousa, que discursava no acto central do 52º aniversário do 4 de Fevereiro, enalteceu a todos quantos se sacrificaram para que Angola fosse um país independente e soberano desde 11 de Novembro de 1975.

“A luta armada não foi a primeira opção dos patriotas angolanos e dela só fizeram recurso quando se tornou claro que o regime colonial fechara todas as portas para uma solução negociada da independência de Angola”, disse.

Segundo Bornito de Sousa, a luta armada e política, conjugada com os esforços dos povos e patriotas de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Moçambique, Portugal e Timor Leste, acabaram por conduzir a queda do regime colonial português em 25 de Abril de 1974.

Por outro lado, o ministro destacou a figura do Rei Muandume Ya Ndemufayo, falecido a 6 de Fevereiro de 1917, sublinhando que, a par de outros soberanos de várias regiões de Angola, é um marco que assinala que a resistência contra a ocupação colonial iniciou a longo tempo.

O ministro indicou que com a conquista da independência nacional, em 11 de Novembro de 1975, e a paz definitiva, em 4 de Abril de 2002, o principal desafio da presente geração é desenvolver e modernizar o país.

Assistiram o acto, realizado na comuna de Xangongo, sede municipal de Ombandja, os ministros de Urbanismo e Habitação, José da Silva, da Saúde, José Van-Dúnem, os secretários de Estado das Águas, Luís Felipe, da Educação, Ana Paula Inês Fernandes, e da Construção, António Flor, responsáveis do governo local, autoridades tradicionais e entidades eclesiásticas. (portalangop.co.ao)

- Publicidade -
- Publicidade -

Camilo Ceita esperava por “algum respeito e consideração”

Antigo director do INE soube da sua substituição pelas redes sociais, durante a tarde da última sexta-feira. Num ‘mail’ de despedida e agradecimento aos...
- Publicidade -

Gilberto Viríssimo: “Angola não está integrada em nenhum dos projectos de estradas regionais por culpa própria”

À frente da Comissão da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), desde 31 de Agosto, o angolano Gilberto Veríssimo, diz, em entrevista...

Brasil tem média móvel de 546 óbitos por dia devido ao novo coronavírus

O Brasil registrou nesta terça-feira, 20, uma média móvel de 546 óbitos por dia causados pela covid-19, número que compila dados dos últimos sete...

Novo acordo militar entre Índia e EUA ameaça a neutralidade de Nova Deli face a Pequim

Numa notícia avançada pelo jornal South China Morning Post, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, e o secretário de Defesa Mark Esper...

Notícias relacionadas

Camilo Ceita esperava por “algum respeito e consideração”

Antigo director do INE soube da sua substituição pelas redes sociais, durante a tarde da última sexta-feira. Num ‘mail’ de despedida e agradecimento aos...

Gilberto Viríssimo: “Angola não está integrada em nenhum dos projectos de estradas regionais por culpa própria”

À frente da Comissão da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), desde 31 de Agosto, o angolano Gilberto Veríssimo, diz, em entrevista...

Brasil tem média móvel de 546 óbitos por dia devido ao novo coronavírus

O Brasil registrou nesta terça-feira, 20, uma média móvel de 546 óbitos por dia causados pela covid-19, número que compila dados dos últimos sete...

Novo acordo militar entre Índia e EUA ameaça a neutralidade de Nova Deli face a Pequim

Numa notícia avançada pelo jornal South China Morning Post, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, e o secretário de Defesa Mark Esper...

MPLA preocupado com geração de postos de trabalho para a juventude

O Bureau Político (BP) do MPLA recomendou, nesta terça-feira, 20, ao Executivo o incremento da promoção do auto-emprego e a geração de postos de...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.