- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Cultura É altura de começar a investigar origens do semba

É altura de começar a investigar origens do semba

O Ministério da Cultura, no âmbito das comemorações do 8 de Janeiro, Dia da Cultura nacional, realizou em 30 e 31 daquele mês no Palácio dos Congressos, em Luanda, um colóquio sobre Música Popular Angolana.
A iniciativa permitiu o debate sobre o estado da criação, investigação, produção, edição, publicidade, distribuição, realização de concertos e periodicidade dos festivais.
Cantores, compositores, músicos, produtores, editores discográficos, pesquisadores, responsáveis associativos, empresários, promotores culturais, entre outras pessoas interessadas, que discutiram durante dois dias questões relacionadas com a aproximação da música à literatura, História, associativismo, formação no domínio da música, direitos de autor e expressões musicais contemporâneas, como o kuduro e rap, mencionaram as principais dificuldades para a internacionalização da Música Popular Angolana.
A ministra da Cultura, Rosa Cruz e Silva, recordou no discurso de abertura na colóquio sobre Música Popular Angolana que se vive uma novo tempo “musical, que apresenta novas propostas estéticas”, mas que isso não deve fazer “esquecer o segmento patrimonial da Música Popular Angolana, representada pelos conjuntos, cantores e compositores que fizeram época e constituem a marca discográfica de um período glorioso”. O Ministério da Cultura já revelou estar preocupado com a situação de alguns cantores, compositores e instrumentistas que fizeram história e que pretende trabalhar com associações, produtores musicais e instituições públicas e privadas, que se dedicam às questões musicais para analisar, ampliar o conhecimento e encontrar soluções.

Divulgação

O assessor do Conselho de Administração da Televisão Pública de Angola, Ulisses de Jesus, que dissertou sobre “Música Popular Angolana na comunicação social” falou de questões relacionadas com a promoção e divulgação da música angolana nos órgãos de comunicação social, a presença que ela teve dos anos 1960 na rádio, o estado dos programas musicais na televisão e na rádio, a complementaridade entre a música da velha e nova geração e a Música Popular Angolana face às novas tecnologias da comunicação.

Património

O Ministério da Cultura, de acordo com as últimas recomendações da UNESCO, que considera como bens imateriais a literatura, o folclore, a linguagem, os costumes e a música, pretende que semba e kilapanga sejam inscritos na Lista do Património da Humanidade.
Este, sublinhou Rosa Cruz e Silva, é o momento para iniciarmos a investigação sobre as origens destes dois géneros emblemáticos da Música Popular Angolana, pois o Centro do Património Mundial tem estimulado os esforços dos Estados na valorização do património imaterial e a partilhar as demais expressões do continente e do Mundo.

Encontro

A ideia de realização do colóquio sobre música popular angolana surgiu na sequência do cumprimento da execução da política cultural do Executivo e da recolha de um conjunto de reflexões sobre o assunto.
Este seminário constituiu a antecâmara da realização de reuniões provinciais que culminam com um encontro nacional, com a participação de todos os implicados no processo para se tentar encontrar soluções para as grandes questões sociais à volta da Música Popular Angolana. (jornaldeangola.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

Angola anuncia mais 247 casos e teme “colapso” do sistema de saúde

A ministra angolana da Saúde, Sílvia Lutucuta, anunciou hoje mais 247 casos de covid-19 no país, alertando para o aumento exponencial dos últimos 15...
- Publicidade -

Angola no “limiar do estado de emergência”, avisa ministro Adão de Almeida

O ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República de Angola avisou que o país está "no limiar do estado...

Confrontos em Nápoles contra novo confinamento

Pela primeira vez desde o início da pandemia em Itália há oito meses, centenas de pessoas saíram à rua contra a perspectiva de medidas...

Atletas da selecção feminina acusam positivo à Covid -19

Oito atletas da Selecção Nacional sénior feminina de futebol, que prepara a participação no torneio da COSAFA, de 03 a 14 de Novembro, em...

Notícias relacionadas

Angola anuncia mais 247 casos e teme “colapso” do sistema de saúde

A ministra angolana da Saúde, Sílvia Lutucuta, anunciou hoje mais 247 casos de covid-19 no país, alertando para o aumento exponencial dos últimos 15...

Angola no “limiar do estado de emergência”, avisa ministro Adão de Almeida

O ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República de Angola avisou que o país está "no limiar do estado...

Confrontos em Nápoles contra novo confinamento

Pela primeira vez desde o início da pandemia em Itália há oito meses, centenas de pessoas saíram à rua contra a perspectiva de medidas...

Atletas da selecção feminina acusam positivo à Covid -19

Oito atletas da Selecção Nacional sénior feminina de futebol, que prepara a participação no torneio da COSAFA, de 03 a 14 de Novembro, em...

Racismo e política externa dominam último debate nos EUA

Com mudança de regra, Donald Trump e Joe Biden fazem debate menos caótico, mas mantêm os ataques pessoais e as trocas de acusações. O segundo...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.