- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Dois ex-ministros ruandeses absolvidos de condenação por genocídio

Dois ex-ministros ruandeses absolvidos de condenação por genocídio

Dois antigos ministros ruandeses condenados na primeira instância a 30 anos de prisão, por envolvimento no genocídio de 1994, foram, esta segunda-feira, absolvidos. O recurso que apresentaram foi aceite pelo Tribunal Penal Internacional para o Ruanda (TPIR), que ordenou a libertação imediata.

Justin Mugenzi e Prosper Mugiraneza, que em 1994 eram, respectivamente, ministros do Comércio e da Função Pública foram condenados em Setembro de 2011 por “cumplicidade” e “incitamento directo e público ao genocídio” da minoria tutsi do Ruanda. Agora, a câmara de apelo do TPIR, presidida por um juiz norte-americano, “infirmou a condenação”.

O genocídio do Ruanda começou após o assassinato do Presidente hutu, Juvénal Habyarimana, cujo avião foi abatido a 6 de Abril de 1994. Segundo as Nações Unidas, entre Abril e Julho, cerca de 800 mil pessoas, essencialmente tutsis, foram mortas por extremistas hutu. Ler mais

(publico.pt)

- Publicidade -
- Publicidade -

Ministério da Educação descontente com a suspensão das aulas presenciais na Escola Portuguesa de Luanda

O Ministério da Educação (MED) angolano reagiu com "surpresa" e "desagrado" à decisão da Escola Portuguesa de Luanda de suspender as aulas presenciais, a...
- Publicidade -

BAI concede 31% da carteira de crédito ao sector imobiliário

O Banco Angolano de Investimentos (BAI) concedeu, ao longo dos seus 24 anos de existência, empréstimos anuais de 31% da sua carteira de crédito...

Xadrez: Angola conquista Zonal Africano

A Selecção Nacional de xadrez conquistou o Zonal Africano 4.5, da região da SADC, com 16 pontos, em prova cujo resultado foi confirmado mais...

Guiné Conacri: Violência após líder da oposição reclamar vitória

Na Guiné Conacri, o candidato da oposição declarou-se vencedor das eleições presidenciais de domingo. A Comissão Eleitoral considerou a reivindicação de Cellou Dalein Diallo...

Notícias relacionadas

Ministério da Educação descontente com a suspensão das aulas presenciais na Escola Portuguesa de Luanda

O Ministério da Educação (MED) angolano reagiu com "surpresa" e "desagrado" à decisão da Escola Portuguesa de Luanda de suspender as aulas presenciais, a...

BAI concede 31% da carteira de crédito ao sector imobiliário

O Banco Angolano de Investimentos (BAI) concedeu, ao longo dos seus 24 anos de existência, empréstimos anuais de 31% da sua carteira de crédito...

Xadrez: Angola conquista Zonal Africano

A Selecção Nacional de xadrez conquistou o Zonal Africano 4.5, da região da SADC, com 16 pontos, em prova cujo resultado foi confirmado mais...

Guiné Conacri: Violência após líder da oposição reclamar vitória

Na Guiné Conacri, o candidato da oposição declarou-se vencedor das eleições presidenciais de domingo. A Comissão Eleitoral considerou a reivindicação de Cellou Dalein Diallo...

Menor decapitado pelo pai no Lubango

Um cidadão de 35 anos de idade, com supostas perturbações mentais, está detido desde domingo na cidade do Lubango, província da Huíla, acusado de...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.