- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Cunene preparada para o acto central

Cunene preparada para o acto central

Inaugurações de vários empreendimentos sociais e económicos marcam o acto central do 52º aniversário do início da Luta Armada de Libertação Nacional que se realiza amanhã no município de Ombandja, província do Cunene, com a presença do ministro da Administração do Território, Bornito de Sousa.
Visitas a diferentes infra-estruturas sociais em curso na vila de Xangongo, município de Ombandja, onde vai decorrer um comício, com realce para o projecto de captação de água Xangongo/Ondjiva, marcam as comemorações da efeméride.
Bornito de Sousa visita as obras de construção de 100 residências sociais, o Palácio de Justiça, a ponte sobre o rio Cunene, a Escola Técnica Agrária e o centro de produção da Rádio Nacional de Angola e o centro comunitário da juventude.
Na localidade de Xangongo, bastião da resistência contra as agressões sul-africanas na vigência do regime de apartheid, é visível a ansiedade dos responsáveis locais e habitantes pela realização das comemorações, que deve mobilizar milhares de pessoas.
O administrador de Ombadja, Manuel Taby, disse estarem reunidas as condições para a participação da população nas comemorações, que decorrem em todo o país sob o lema “Honremos os nossos heróis, servindo a nação com lealdade”.
Com uma extensão territorial de 12.264 quilómetros quadrados e 183.209 habitantes, o município de Ombandja engloba cinco comunas e 56 aldeias. A capital é a vila de Xangongo, localizada a 101 quilómetros a norte da cidade de Ondjiva.

Viaturas para sobreviventes

Ontem, em Luanda, o chefe do Estado-Maior General adjunto das Forças Armadas Angolanas para a Área Operacional e Desenvolvimento, Jorge Barros “Nguto”, entregou 37 viaturas aos sobreviventes do 4 de Fevereiro, no âmbito das celebrações do Início da Luta Armada de Libertação Nacional contra o colonialismo português.
Na ocasião, o general “Nguto”, que falava em representação do chefe do Estado-Maior das Forças Armadas, Geraldo Sachipengo Nunda, frisou que a entrega das viaturas representa um reconhecimento do esforço dos primeiros combatentes que lutaram pela independência nacional. A 4 de Fevereiro de 1961, patriotas ligados ao MPLA desencadearam um ataque contra a Cadeia de São Paulo e a Casa de Reclusão, em Luanda, dando início à luta armada que culminou com a proclamação da independência de Angola, em 11 de Novembro de 1975.
A província do Cunene acolhe o acto central das comemorações da efeméride, que se assinala em todo país com diversas actividades, sob o lema “Honremos os nossos heróis servindo a nação com lealdade”.
O governo provincial de Benguela exortou a população local a comemorar o 4 de Fevereiro, promovendo a solidariedade e fortalecendo a coesão social.
Numa mensagem, o governo de Benguela considera o 4 de Fevereiro uma data de transcendente importância para os angolanos, na medida em que foi neste dia, em 1961, que um grupo de patriotas, munidos de armas rudimentares, atacou forças policiais do regime colonial português em Luanda. “Do 4 de Fevereiro de 1961 se forjaram intrépidos combatentes da luta pela liberdade e justiça social, imbuídos de uma inabalável fé de resgatar os valores culturais e conquistar a independência nacional, sob a direcção do MPLA”, lê-se na mensagem.
O governo acrescenta, na mensagem, que os combatentes do 4 Fevereiro são um exemplo de coragem e tenacidade transmitido aos nacionalistas que deram continuidade à luta de libertação nacional contra o colonialismo, que veio a culminar com a conquista da Independência Nacional, a 11 de Novembro de 1975.
Por sua vez, a secretária provincial da OMA em Benguela, Leonor Joaquim, enalteceu na Baía Farta a determinação dos combatentes do 4 de Fevereiro de 1961.
Leonor Joaquim, que falava à margem de uma palestra sobre a efeméride, disse que a bravura dos homens que iniciaram a luta armada demonstrou a capacidade do povo angolano de lutar contra o jugo colonial português. Foi oradora da palestra Teresa Borges, membro do secretariado provincial da OMA, que destacou as vicissitudes por que passaram os angolanos durante o processo de libertação nacional.

Actividades na Baia Farta

Na Baía Farta, a jornada comemorativa dos 52 anos do início da Luta Armada de Libertação Nacional inclui palestras, actividades culturais e desportivas, assim como um encontro de veteranos de guerra, na comuna da Equimina, onde são inaugurados vários empreendimentos sociais.
Em todo o país, decorrem actividades para saudar o 52º aniversário do Início da Luta Armada de Libertação Nacional, que se assinala amanhã, e cujo acto central decorre na província do Cunene. (jornaldeangola.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

Gilberto Viríssimo: “Angola não está integrada em nenhum dos projectos de estradas regionais por culpa própria”

À frente da Comissão da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), desde 31 de Agosto, o angolano Gilberto Veríssimo, diz, em entrevista...
- Publicidade -

Brasil tem média móvel de 546 óbitos por dia devido ao novo coronavírus

O Brasil registrou nesta terça-feira, 20, uma média móvel de 546 óbitos por dia causados pela covid-19, número que compila dados dos últimos sete...

Novo acordo militar entre Índia e EUA ameaça a neutralidade de Nova Deli face a Pequim

Numa notícia avançada pelo jornal South China Morning Post, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, e o secretário de Defesa Mark Esper...

MPLA preocupado com geração de postos de trabalho para a juventude

O Bureau Político (BP) do MPLA recomendou, nesta terça-feira, 20, ao Executivo o incremento da promoção do auto-emprego e a geração de postos de...

Notícias relacionadas

Gilberto Viríssimo: “Angola não está integrada em nenhum dos projectos de estradas regionais por culpa própria”

À frente da Comissão da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), desde 31 de Agosto, o angolano Gilberto Veríssimo, diz, em entrevista...

Brasil tem média móvel de 546 óbitos por dia devido ao novo coronavírus

O Brasil registrou nesta terça-feira, 20, uma média móvel de 546 óbitos por dia causados pela covid-19, número que compila dados dos últimos sete...

Novo acordo militar entre Índia e EUA ameaça a neutralidade de Nova Deli face a Pequim

Numa notícia avançada pelo jornal South China Morning Post, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, e o secretário de Defesa Mark Esper...

MPLA preocupado com geração de postos de trabalho para a juventude

O Bureau Político (BP) do MPLA recomendou, nesta terça-feira, 20, ao Executivo o incremento da promoção do auto-emprego e a geração de postos de...

Última Hora: Homem armado faz vários reféns dentro de um banco na Geórgia

Um homem armado fez hoje à tarde vários reféns, ainda em número incerto, dentro das instalações de um banco na Geórgia, informaram as autoridades...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.