- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mais Ambiente Ministério do Ambiente projecta infra-estruturas na floresta do Maiombe

Ministério do Ambiente projecta infra-estruturas na floresta do Maiombe

A implementação do novo Plano Estratégico está já previsto na iniciativa transfronteiriça e carece ainda de mais de 40 milhões de dólares.

O Ministério do Ambiente, em colaboração com os seus parceiros, está a envidar es­forços na criação de infra-es­truturas administrativas no Parque Nacional do Maiom­be, província de Cabinda, à semelhança de outras zonas de conservação do país.

No quadro da Iniciativa Transfronteiriça de Conserva­ção da Floresta do Maiombe, assumido pelas Repúblicas de Angola, Congo Democrá­tico e Brazzaville, 16 fiscais já formados em 2012 estão des­tacados no local para contra­por eventuais casos de caça furtiva que ainda prevalece naquela zona verde.

Tão logo terminarem as obras, de acordo com o do­cumento a que a Angop teve acesso, será nomeado um administrador e outros membros que vão doravan­te manter o funcionamento adequado do parque.

Além do esforço nacional, outros países envolvidos nes­ta iniciativa transfronteiri­ça trabalham em estratégias comuns para melhoria das condições de vida das popu­lações que vivem na mesma zona, com a elaboração de planos exequíveis para redu­ção da pobreza no seio des­tes, uma vez que depende dos seus recursos.

Considerado o segundo pulmão do Mundo, depois do Amazónia (Brasil), para a conservação da floresta do Maiombe foi elaborado um plano estratégico quinque­nal (2012-2017), pelos países membros.

A implementação do Pla­no Estratégico da iniciativa transfronteiriça da floresta do Maiombe carece de 40 milhões de dólares, um mon­tante para o alcance dos ob­jectivos traçados, entre os quais a conservação da bio­diversidade transfronteiriça enquadrada nos compromis­sos assumidos pelos países.

Este plano que prevê a ges­tão sustentável dos ecossiste­mas florestais do Maiombe, numa primeira fase se vai concretizar na zona florestal, no distrito do Baixo Congo, incluindo a reserva do Uki.

Particularizando a Repú­blica de Angola, a Estratégia da Expansão das Áreas de Conservação constitui um programa “ambicioso” que será realizado a longo pra­zo, devido aos seus encargos financeiros considerados “altíssimos” e a exigência técnica científica necessária para o efeito.

Por isso, o Governo Ango­lano, através do Ministério do Ambiente, implementa, de forma faseada, os seus projec­tos de criação de novas áreas de conservação nacional.

Dia Nacional do Ambiente

Angola celebrou na passada quinta-feira, 31, o Dia Nacional do Ambiente, com atitudes fir­mes e simples para corrigir as lacunas verificadas no tra­tamento dos resíduos sólidos produzidos no quotidiano pela população, empresas públicas e privadas.

Este ano em que se celebra pela 37ª vez, o Ministério do Ambiente e os seus parceiros continuam a implementar acções básicas que de forma paulatina estão a atenuar os problemas ligados à protec­ção do meio.

O sector e os seus parceiros vão, mais uma vez, encorajar a população no sentido de pensarem mais no ambiente de uma maneira mais abran­gente, desde os seres vivos até o seu habitat.

Actividades que visam alertar os diferentes sectores sociais para a necessidade de se adoptarem padrões de vida sustentáveis que pro­movam uma gestão equili­brada dos recursos naturais e melhorem a qualidade de vida das populações serão promovidas nesta “Semana do Ambiente”.

Debates públicos, palestras, campanha de limpeza e de ar­borização vão constar do pro­grama das actividades para celebrar a referida data.

A Rede Ambiental Maiombe, por exemplo, tem em agenda, a realização de um “eco-stop” nas principais artérias da cida­de sobre o conceito de recolha selectiva de resíduos

(Jornal de Economia & Finanças)

- Publicidade -
- Publicidade -

António Guterres apela ao diálogo na Guiné-Conacri

O secretário-geral da ONU quer uma “solução pacífica” e “diálogo” para responder à crise pós-eleitoral na Guiné-Conacri. António Guterres pediu ao presidente reeleito Alpha...
- Publicidade -

FAF recebe ultimato da FIFA

A Federação Angolana de Futebol (FAF) foi notificada pela Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA), para responder até sexta-feira (30) às acusações de irregularidades...

Norberto de Castro está autorizado a concorrer à liderança da FAF

A Federação Angolana de Futebol (FAF) foi notificada pela Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA) para responder, até sexta-feira, às acusações de irregularidades no...

CONTEXTOS: Tempo de Oposições

Desemprego, desordem e desinformação - destes 3 Ds se fará o "Verão Quente" prestes a começar no continente africano. De um lado, uma população...

Notícias relacionadas

António Guterres apela ao diálogo na Guiné-Conacri

O secretário-geral da ONU quer uma “solução pacífica” e “diálogo” para responder à crise pós-eleitoral na Guiné-Conacri. António Guterres pediu ao presidente reeleito Alpha...

FAF recebe ultimato da FIFA

A Federação Angolana de Futebol (FAF) foi notificada pela Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA), para responder até sexta-feira (30) às acusações de irregularidades...

Norberto de Castro está autorizado a concorrer à liderança da FAF

A Federação Angolana de Futebol (FAF) foi notificada pela Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA) para responder, até sexta-feira, às acusações de irregularidades no...

CONTEXTOS: Tempo de Oposições

Desemprego, desordem e desinformação - destes 3 Ds se fará o "Verão Quente" prestes a começar no continente africano. De um lado, uma população...

Covid-19: Angola com 203 novos casos e 46 recuperados

Duzentos e três novas infecções, quatro óbitos e quarenta e seis recuperados foram registados, nas últimas 24 horas, em Angola. Segundo o secretário de Estado...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.