- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Aberta jornada comemorativa do 4 de Fevereiro

Aberta jornada comemorativa do 4 de Fevereiro

A jornada alusiva aos 52 anos do início da luta armada, que se assinala a 4 de Fevereiro, foi aberta sexta-feira, em simultâneo, nos dez municípios da província de Benguela com palestras subordinadas ao tema “A importância do 4 de Fevereiro na consciencialização patriótica das novas gerações”.

No município do Lobito, o director regional Centro/Sul da associação dos antigos guerrilheiros, brigadeiro Benvindo dos Santos “Secuturé”, encontrou-se, na localidade da Cabaya, com os militares da escola de especialistas de logística do Estado Maior General (EMG), com os quais interagiu, proferindo uma palestra sobre o mesmo tema.

Depois de lembrar as vicissitudes pelas quais passaram os precursores do início da luta armada contra o colonialismo português, o responsável disse que não restavam outras vias que não fossem forçar o opressor, por meio das armas, a ceder a independência.

“Àqueles fizeram a sua parte, por isso, o desejo é que vocês, jovens, saibam isso, saibam a verdade para que sejam bons continuadores desta gesta heróica que representam os precursores do 4 de Fevereiro”, disse, enaltecendo a coragem e bravura dos guerrilheiros que, mesmo em condições adversas, como a desproporção de meios, decidiram enfrentar um exército português convencional.

A jornada sobre o 4 de Fevereiro, ao nível de Benguela, vai prosseguir até 06 do corrente mês, data em que está prevista a inauguração de alguns estabelecimentos escolares do ensino primário. (portalangop.co.ao)

- Publicidade -
- Publicidade -

Ana Gomes sobe à custa de Marcelo e Ventura

A candidata da área socialista é cada vez mais a pretendente a Belém com maior margem para impedir uma reeleição retumbante de Marcelo. Ana...
- Publicidade -

Burlas “matam” sonho da casa própria de milhares de famílias

Das dezenas de projectos imobiliários lançados no auge da construção em Luanda, muitos foram parar à barra do tribunal por burlas aos clientes, que...

O tempo e o bom senso (IV)

1 - Há muito que acompanho a trajectória de Jorge Valdano, um argentino com invejável percurso no mundo do futebol (jogador, treinador, dirigente e...

Joana Lina, GPL: “Manifestação foi acto de vandalismo”

Durante a marcha realizada por membros da sociedade civil e apoiada pela UNITA, foram queimadas motas e destruídos contentores de lixo, além do impedimento...

Notícias relacionadas

Ana Gomes sobe à custa de Marcelo e Ventura

A candidata da área socialista é cada vez mais a pretendente a Belém com maior margem para impedir uma reeleição retumbante de Marcelo. Ana...

Burlas “matam” sonho da casa própria de milhares de famílias

Das dezenas de projectos imobiliários lançados no auge da construção em Luanda, muitos foram parar à barra do tribunal por burlas aos clientes, que...

O tempo e o bom senso (IV)

1 - Há muito que acompanho a trajectória de Jorge Valdano, um argentino com invejável percurso no mundo do futebol (jogador, treinador, dirigente e...

Joana Lina, GPL: “Manifestação foi acto de vandalismo”

Durante a marcha realizada por membros da sociedade civil e apoiada pela UNITA, foram queimadas motas e destruídos contentores de lixo, além do impedimento...

Polícia frustra manifestação não autorizada em Luanda

A Policia Nacional frustrou ontem a realização de uma manifestação não autorizada pelas autoridades, por força das medidas restritivas de prevenção e combate à...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.