- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Cultura Música nacional premiada em concurso

Música nacional premiada em concurso

O regulamento de um novo concurso anual, denominado “Angola Music Awards”, foi ontem apresentado em Luanda pelo coordenador da iniciativa do grupo Mener, Daniel Mendes.
Com 19 categorias distintas, o concurso propõe-se distinguir o trabalho dos músicos nacionais editado no ano anterior.
A primeira edição do prémio abrange temas incluídos em CD ou disponíveis na Internet, de 1 de Janeiro a 31 de Dezembro de 2012, de todos os artistas nacionais, residentes em Angola ou no estrangeiro, e estrangeiros que tenham pelo menos um progenitor angolano.
Entre as categorias, destaca-se o semba/kilapanga, kuduro, rap/hip hop, reggae/r&b/house, gospel, artista revelação, música do ano, voz masculina e feminina, melhor artista/banda ao vivo, álbum electrónico e acústico, videoclipe, produtor musical, instrumentista, compositor, DVD musical, DJ e prémio Internet.
A votação é feita uma única vez através de boletins e quantas vezes o votante quiser por mensagens telefónicas (SMS), no site do concurso (www.angolama.com) ou através da sua conta no Facebook.
As inscrições estão abertas a partir de hoje e terminam na primeira quinzena de Março. Durante este período, o músico escolhe as categorias às quais pretende concorrer, devendo apresentar um único tema por cada uma delas. Os finalistas são apresentados no fim de Março, altura em que começa a votação do público.
Daniel Mendes preferiu não adiantar datas, mas avançou que a organização escolheu o Centro de Convenções de Talatona para anunciar os vencedores do concurso. O júri é composto por cinco pessoas, a serem escolhidas pela organização. Para haver transparência nos votos, vai ser feita uma auditoria por uma empresa idónea. Em cada edição a organização vai homenagear uma figura, entidade ou instituição, que tenha contribuído para o desenvolvimento da música. O “Angola Music Awards” tem como parceiros a RTP África e Internacional, e tem feito contactos com uma produtora internacional, para trabalhar na divulgação dos vencedores de cada categoria e nos seus trabalhos.

Prémios e regulamentos

Nelson Mangueira, responsável pelo intercâmbio e parcerias do “Angola Music Awards”, explicou que a ausência de uma categoria que premeie a música folclórica e o rock se deve ao facto de terem sido produzidos poucos álbuns nestas vertentes musicais em 2012. A música gospel tem um tratamento especial, por não ter patrocínios, ter pouca promoção e ser limitada às igrejas. Os concorrentes não podem inscrever-se na categoria de melhor artista/banda ao vivo. Quanto aos DJ, é premiado apenas aquele que tiver um disco editado.
Os prémios de melhor videoclipe e DVD musical são atribuídos apenas ao músico e não ao produtor ou realizador, ao contrário do que acontece nas classes álbum electrónico e acústico, onde os dois são distinguidos. O prémio Internet/Facebook é da responsabilidade dos internautas. (jornaldeangola.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

RDC: Félix Tshisekedi defende “união sagrada” após tensões pró-Kabila

Nem dissolução do Parlamento, nem renúncia do governo. No final de uma semana tensa com seus aliados da Frente Comum para o Congo, Félix Tshisekedi...
- Publicidade -

Activista Paulo de Morais constituído arguido no caso “vestidos de noiva”

O facto acontece na sequência da queixa-crime por difamação apresentada em Portugal por Bornito de Sousa, vice-presidente de Angola, e a sua filha Naulila...

Deputados das 1ª e 9ª comissões votam a favor da suspensão de mandato e retirada de imunidades a Manuel Rebelais

Os deputados das 1º e 9ª comissões especializadas da Assembleia Nacional aprovaram hoje, sexta-feira, 23, por unanimidade, o relatório parecer que suspende o mandato...

A segunda parte do Lourencismo

Hoje sábado, 24 de Outubro, voltará a ser um dia tenso em Luanda. Em contexto de profunda crise económica, desemprego e carências, jovens activistas...

Notícias relacionadas

RDC: Félix Tshisekedi defende “união sagrada” após tensões pró-Kabila

Nem dissolução do Parlamento, nem renúncia do governo. No final de uma semana tensa com seus aliados da Frente Comum para o Congo, Félix Tshisekedi...

Activista Paulo de Morais constituído arguido no caso “vestidos de noiva”

O facto acontece na sequência da queixa-crime por difamação apresentada em Portugal por Bornito de Sousa, vice-presidente de Angola, e a sua filha Naulila...

Deputados das 1ª e 9ª comissões votam a favor da suspensão de mandato e retirada de imunidades a Manuel Rebelais

Os deputados das 1º e 9ª comissões especializadas da Assembleia Nacional aprovaram hoje, sexta-feira, 23, por unanimidade, o relatório parecer que suspende o mandato...

A segunda parte do Lourencismo

Hoje sábado, 24 de Outubro, voltará a ser um dia tenso em Luanda. Em contexto de profunda crise económica, desemprego e carências, jovens activistas...

Escassez de combustível em Mbanza Kongo atribuída ao contrabando

Mbanza Kongo - Munícipes de Mbanza Kongo, província do Zaire, afirmaram nesta sexta-feira que as constantes rupturas de combustíveis que se assiste na cidade...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.