- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Ciências e Tecnologia Culturas de óleo de palma libertam carbono "escondido"

Culturas de óleo de palma libertam carbono “escondido”

Estudo mostra como as alterações nas florestas da Malásia estão a libertar carbono aprisionado durante milénios em turfeiras.

Um novo estudo científico publicado esta semana reforça as dúvidas sobre a sustentabilidade do óleo de palma como matéria-prima para a produção de biocombustível.

O estudo, publicado na edição desta quinta-feira da revista Nature, dá novas pistas sobre um dos impactos temidos da expansão da cultura do óleo de palma: que a desflorestação para abrir caminho às novas plantações liberte vastas quantidades de carbono armazenado em zonas húmidas.

Nas florestas tropicais pantanosas, as folhas, galhos e troncos caídos decompõe-se muito lentamente, dado que estão cobertos por água. A camada de turfa resultante deste processo é um enorme repositório de carbono. Com a destruição das florestas e a drenagem das zonas húmidas, a turfa, em contacto com ar, acaba por libertar grandes quantidades de dióxido de carbono, contribuindo para o aquecimento global.

Investigadores de várias universidades, do Reino Unido, Holanda e Indonésia, avaliaram os fluxos de carbono em zonas húmidas da Indonésia, transformadas pelo avanço da cultura do arroz, e da Malásia, com plantações de óleo de palma. Numa zona húmida “perturbada”, o fluxo de carbono é 50% maior do que em áreas “não-perturbadas”. Além disso, a origem do carbono é diferente. Nas áreas “não-perturbadas”, vem do crescimento das plantas. Nas “perturbadas”, a origem é o stock de carbono das turfas, onde está armazenado há milhares de anos. Ler mais

(publico.pt)

- Publicidade -
- Publicidade -

MPLA preocupado com geração de postos de trabalho para a juventude

O Bureau Político (BP) do MPLA recomendou, nesta terça-feira, 20, ao Executivo o incremento da promoção do auto-emprego e a geração de postos de...
- Publicidade -

Última Hora: Homem armado faz vários reféns dentro de um banco na Geórgia

Um homem armado fez hoje à tarde vários reféns, ainda em número incerto, dentro das instalações de um banco na Geórgia, informaram as autoridades...

Internacional sub-17 da Colômbia morre no decorrer da partida

O futebolista de 16 anos Harlen Santiago García Hernández sofreu, na passada segunda-feira, uma paragem cardiorrespiratória no decorrer de um jogo de preparação que...

Covid-19: Angola regista 220 casos positivos e 3 óbitos

Angola registou, nas últimas 24 horas, 220 novos casos da Covid-19, três óbitos e a recuperação de seis pacientes, informou, ontem, em Luanda, o...

Notícias relacionadas

MPLA preocupado com geração de postos de trabalho para a juventude

O Bureau Político (BP) do MPLA recomendou, nesta terça-feira, 20, ao Executivo o incremento da promoção do auto-emprego e a geração de postos de...

Última Hora: Homem armado faz vários reféns dentro de um banco na Geórgia

Um homem armado fez hoje à tarde vários reféns, ainda em número incerto, dentro das instalações de um banco na Geórgia, informaram as autoridades...

Internacional sub-17 da Colômbia morre no decorrer da partida

O futebolista de 16 anos Harlen Santiago García Hernández sofreu, na passada segunda-feira, uma paragem cardiorrespiratória no decorrer de um jogo de preparação que...

Covid-19: Angola regista 220 casos positivos e 3 óbitos

Angola registou, nas últimas 24 horas, 220 novos casos da Covid-19, três óbitos e a recuperação de seis pacientes, informou, ontem, em Luanda, o...

Dados da Unicef: 365 milhões de crianças em pobreza extrema

Uma em cada seis crianças vivia em pobreza extrema antes da pandemia de Covid-19. Um relatório do Banco Mundial e da Unicef revela que...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.