Segunda-feira, Fevereiro 6, 2023
8.6 C
Lisboa

Cimeira de Chefes de Estado decide continuar a ajudar a RDC

A Cimeira Extraordinária de Chefes de Estado e de Governo da Comunidade dos Países da África Austral (SADC), realizada em Dar Es Salaam, Tânzania, decidiu continuar a ajudar a República Democrática do Congo (RDC) relativamente à situação da crise política que vive.

Está informação foi prestada hoje, domingo, à imprensa no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, pelo ministro das Relações Exteriores, George Chicoty, quando fazia o balanço dos resultados saídos da Cimeira de Chefes de Estado e de Governo da SADC.

O governante afirmou que a Cimeira Extraordinária de Chefes de Estado condenou o ataque do movimento M23, considerando que “é uma força negativa que tem de ser combatida”.

George Chicoty fez saber que foi recomendada a necessidade das forças das Nações Unidas na RDC trabalharem em função do seu mandato relativamente ao artigo 7 da Carta das Nações Unidas.

A SADC, segundo o governante, recomendou ainda que os seus membros possam participar neste esforço tendente à pacificação daquela região do continente africano.

A cimeira, acrescentou, recebeu as decisões saídas da conferência internacional dos Grandes Lagos que aceita que a SADC participe nesta força Internacional.

A República da Tanzânia, adiantou, vai disponibilizar de imediato o primeiro grupo e também vai indicar o comandante destas unidades na SADC.

O ministro fez saber ainda que a SADC também vai fazer concertações com o secretário geral das Nações Unidas e com a União Africana.

Contudo, continuou, quer dizer que a SADC não aceita as violações que têm sido feitas relativamente ao Congo, “seja lá quem for (…), então a SADC decidiu ajudar o Congo neste sentido”, argumentou o ministro.

Em relação à situação no Zimbabwe, disse que a cimeira reconheceu haver progressos entre o governo e os partidos políticos no processo de revisão constitucional, incluindo a realização do referendo antes da realização das eleições de 2013.

Quanto à República de Madagáscar, os países membros reconheceram igualmente que existem esforços dos Chefes de Estado e de Governo da SADC.

A delegação de Angola à Cimeira Extraordinária de Chefes de Estado e de Governo da Comunidade dos Países da África Austral (SADC) foi chefiada pelo Vice-presidente da República, Manuel Vicente, em representação do Chefe de Estado, José Eduardo dos Santos. (portalangop.co.ao)

POSTAR COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

- Publicidade -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Beyoncé está perto de se tornar artista com maior número de Grammys

Beyoncé conquistou dois Grammys na tarde deste domingo, na pré-gala da premiação mais prestigiada da indústria da música, onde...

Artigos Relacionados

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
  • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
  • Radio Calema
  • Radio Calema