Segunda-feira, Fevereiro 6, 2023
11.6 C
Lisboa

Próximo encontro entre todas as partes para encontrar uma solução política

(ANGOP)  Rgel – Um encontro vai reunir “proximamente toda as partes no conflito”para  tentar encontrar uma solução política à crise no Mali, cujo norte está ocupado pelos
islamitas radicais, anunciou domingo em Argel o ministro argelino dos Negócios estrangeiros Mourad Medelci.

A solução política “fundamenta-se no diálogo entre malianos  quer sejam do norte ou do sul, rebeldes ou ao poder”, declarou Medelci, cujas propostas foram reportadas pela agência de imprensa argelina “APS”.

“Pode-se imaginar uma solução sem um encontro de todos os malianos?, interrogou-se o ministro argelino que anunciou “a realização proximamente de um encontro entre todas as partes concernentes  – sem as identificar – no Mali irmão”, com vista a encontrar uma solução política à crise nesse país, segundo a mesma fonte.

“Se uma das partes concernentes pedir a discussão com a Argélia para impulsionar a solução política e o diálogo, a Argélia está aberta ao diálogo com os irmãos malianos há 20 anos”, disse.

“A Argélia é por um diálogo e desdobra esforços nesse sentido com vários países.

Esses esforços deram muitos frutos fazendo da solução política a principal solução”, acrescentou Medelci.

A delegação do grupo islamita maliano Ansar Dine que discute desde o início de Novembro em Ouagadougou com as autoridades do Burkina Faso está actualmente na Argélia, outro país mediador na crise no Mali.

A Argélia, vizinha do Mali onde  várias vezes jogou o papel de mediador entre os tuareg e Bamako, convenceu os rebeldes tuareg de Ansar Dine entrar na negociação e renunciar os seus aliados , Al – Qaida do Maghreb islâmico  (Aqmi) e o Movimento para a unicidade do Jihad na África do Oeste (Mujao), com os quais impôs a lei no Norte do Mali.

A 11 de Novembro, a Comunidade económica dos Estados da África do Oeste (CEDEAO) aprovou o envio ao Norte do Mali, controlado por grupos islamitas
armados, de uma força militar apoiada no plano logístico pelos países ocidentais.

A ONU deve agora dar a sua luz verde a uma intervenção militar, antes de terça –feira. (portalangop.co.ao)

POSTAR COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

- Publicidade -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Daniel Alves: MP da Espanha é contra liberdade provisória

Disposto a fazer quase qualquer coisa para deixar a prisão de Brians 2, em Barcelona, o lateral direito Daniel...

Artigos Relacionados

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
  • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
  • Radio Calema
  • Radio Calema