Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Bispo de Saurimo alerta a juventude

O arcebispo de Saurimo, D. José Manuel Imbamba, manifestou-se preocupado com o consumo excessivo de bebidas alcoólicas por parte dos jovens. D. Manuel Imbamba disse que “muitos jovens estão a beber porcamente”, apontando como amostra a juventude da arquidiocese de Saurimo.
O arcebispo metropolitano de Saurimo, que alertava os jovens durante uma missa em Saurimo, acentuou que assim o futuro do país pode estar comprometido, porque um país não se faz com bêbados.
“É preciso que tenhamos consciência disso, que as comunidades não se fazem com bêbedos”, alertou, para depois aconselhar os jovens a optarem por caminhos socialmente úteis, que dignifiquem a comunidade.
Segundo D. Imbamba, o uso excessivo de bebidas alcoólicas é uma realidade que “está a manchar a nossa fé, a reputação e a beleza da vivência cristã”.
“Estamos a confundir a festa e o álcool, estamos a confundir o  convívio com o álcool, estamos a confundir a partilha com embriaguez”, disse, apelando à consciência dos jovens, que são a garantia do futuro de qualquer país, para abandonarem esta prática, que corrói o corpo e a alma.
Para D. Manuel Imbamba, um bêbado é facilmente manipulável e deixa de dar a sua contribuição ao desenvolvimento económico e social da comunidade e da sua própria família.

Efeitos do álcool

O que a grande maioria dos jovens que bebem não sabem, é que o maior problema com o álcool são os efeitos psicológicos por ele causados. A bebida alcoólica pode interferir drasticamente no funcionamento da memória, facto que ocorre frequentemente com pessoas que bebem exageradamente por um longo período de tempo.
Esta interferência faz com que as pessoas dominadas por este vício percam completamente a sua capacidade de armazenar memórias recentes. Esta condição é conhecida como síndrome de Korsakoff, e pode ser muito perturbadora. Além disso, o álcool também prejudica a capacidade de julgamento, ou seja, independente da pessoa ter bebido muito ou pouco, apresenta falhas na sua coordenação motora, que geralmente não apresentaria se estivesse sóbria.

Fonte: Jornal de Angola

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »