Ler Agora:
TPA recebe equipamento moderno
Artigo completo 3 minutos de leitura

TPA recebe equipamento moderno

A delegação provincial da Televisão Pública de Angola (TPA), no Namibe, conta desde ontem com novos equipamentos para transmissão em directo de assuntos que dominam o interesse público a nível da região.
Os meios e equipamentos tecnológicos modernos foram entregues à administração da empresa pela governadora Cândida Celeste, em cerimónia pública que contou com a presença do vice-ministro da Comunicação Social, Manuel Miguel de Carvalho “Wadijimbe”.
O equipamento inclui uma viatura satélite, quatro câmaras de filmagem e um gerador eléctrico, adquiridos pelo Governo Provincial do Namibe, através da empresa ATMG, que foi escolhida para garantir a selecção de um equipamento de qualidade e com capacidade adequada.
A aquisição, inserida no âmbito do Programa de Investimentos Públicos de 2011/2012, absorveu ao Orçamento Geral do Estado cerca de 65 milhões de kwanzas. O programa contempla igualmente a formação de quadros locais da TPA, que vão assegurar a operação técnica dos equipamentos.
O vice-ministro Manuel de Carvalho destacou o importante papel que desempenham todos os órgãos de comunicação e relembrou as grandes tarefas que a TPA, em particular, vai exercer nesta fase em que o país caminha para as eleições gerais.
Miguel de Carvalho sublinhou que a acção do Governo Provincial do Namibe representa um exemplo de grande parceria com o Ministério que, no quadro da estratégia do Executivo, estabelece como uma das prioridades do sector da Comunicação Social a extensão do sinal de Rádio e Televisão em todo o território nacional.
A entrega dos referidos meios, disse Wadijimbi, significa que, a partir desse momento, o Namibe passa a ter outra dimensão, em termos de presença na grelha de programação central da TPA, permitindo que o resto do país conheça mais e melhor as acções que estão a ser realizadas na província.

O governante destacou o valor da televisão enquanto meio de comunicação social, baseado na imagem, acrescentando que “a aposta do Governo do Namibe merece os vivos aplausos e agradecimentos”, sobretudo por surgir num período importante para a história do país.
“Por via das suas emissões, a população local vai ser incentivada a exercer o seu direito de voto, contribuindo dessa forma para a consolidação da democracia vigente em Angola e para o reforço das instituições do Estado de Direito, que cada vez mais é uma realidade no nosso belo país”.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »