Presidente do Uganda inicia hoje visita de Estado a Luanda

O Presidente ugandês, Yoweri Musseveni, chega terça-feira a Luanda para uma visita de Estado, em que a situação na República Democrática do Congo vai merecer atenção especial, segundo uma nota de imprensa da diplomacia angolana.

A visita de Musevini visa “relançar as relações bilaterais” e servirá igualmente para troca de informações sobre a Conferência Internacional dos Grandes Lagos, cuja presidência rotativa está a cargo do Uganda.

A situação no norte da República Democrática do Congo e a próxima Cimeira da região dos Grandes Lagos, agendada para os dias 6 e 7 de agosto em Kampala, será outro dos assuntos a ser abordado entre os dois presidentes, para se tentar encontrar uma solução para aquele conflito.

Tropas governamentais do Congo Democrático e das Nações Unidas têm protagonizado confrontos com os guerrilheiros do M23, na província do Kivu-norte.

Kinshasa já questionou o papel do Uganda no apoio que alegadamente presta ao M23 e acusa também o Ruanda de dar apoio logístico ao M23, composto por antigos rebeldes tutsi do Congresso Nacional para a Defesa do Povo (CNDP), apoiado pelo Ruanda.

Tanto o Uganda como o Ruanda já negaram que apoiassem os rebeldes.

A visita de Musseveni acontece num momento em que a epidemia de febre hemorrágica causada pelo vírus Ébola, que apareceu no início de julho no oeste do Uganda, já se estendeu à capital, Campala, onde pelo menos uma pessoa morreu, segundo anunciou o Presidente ugandês na segunda-feira.

Segundo o programa da visita do Presidente ugandês, que tem chegada prevista a Luanda a meio da tarde, Yoweri Musseveni será recebido pelo ministro angolano da Assistência e Reinserção Social, João Baptista Kussumua, e deporá em seguida uma coroa de flores na estátua do primeiro Presidente de Angola, António Agostinho Neto.

O encontro com o seu homólogo angolano, José Eduardo dos Santos, acontece apenas na quarta-feira, no Palácio Presidencial, onde receberá honras militares.

No mesmo dia, enquanto decorrer o encontro entre os dois Presidentes, acontecerão as conversações oficiais entre as delegações dos dois países.

O programa de visita prevê igualmente encontros de cortesia com o presidente da Assembleia Nacional, António Paulo Kassoma, e uma sessão especial no parlamento, organizada em sua honra.

O regresso de Museveni está previsto para quarta-feira.

FONTE: Lusa

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »