Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Portugal: Professores protestam à porta do Ministério da Educação

0

Os professores voltam hoje a manifestar-se em Lisboa, em frente ao Ministério da Educação, terminando uma semana de concentrações em várias capitais de distrito, num protesto à “extinção deliberada de postos de trabalho”.

O protesto é organizado pela Federação Nacional dos Professores (Fenprof), que promoveu manifestações semelhantes durante a semana, no Porto, Coimbra, Évora e Faro.

No princípio da semana, em Coimbra, largas centenas de manifestantes aprovaram uma moção exigindo a vinculação dos docentes contratados e o fim dos “horários zero”, exigindo a atribuição de serviço letivo efetivo a todos os professores.

Nessa moção, os professores referiram que “as sucessivas medidas impostas pelo MEC [Ministério da Educação e Ciência], orientadas para a redução drástica da despesa pública, provocando o aumento brutal do desemprego e da instabilidade de milhares de profissionais docentes, terão um impacto extremamente negativo no país, no sistema educativo e nas escolas”.

“Maior despedimento coletivo”

A Fenprof tem acusado o governo de programar o “maior despedimento coletivo” de que há memória a partir de setembro, apontando que “dezenas de milhares” de professores ficarão no desemprego devido à falta de horários, resultante de medidas como a revisão curricular e a política de agrupamentos de escolas.

Essa e outras orientações, resultantes das concentrações que se foram realizando, serão entregues hoje a partir das 17h, no Ministério da Educação, na avenida 5 de Outubro, em Lisboa.

FONTE: Expresso

Deixe uma comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »