Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Operaçaõ “Sambizanga Tranquilo” devolveu segurança às populações

0

As operações de patrulha nos bairros de Luanda vão continuar até baixarem os índices de criminalidade, assegurou o comandante-geral da Polícia Nacional. Ambrósio de Lemos garantiu uma presença permanente dos efectivos da polícia nas ruas para assegurar a tranquilidade às populações, especialmente nas zonas periféricas de Luanda.
O comandante-geral da Polícia Nacional pediu à população para denunciar os marginais, a fim de devolver a tranquilidade e ordem aos bairros.
A última operação da Polícia Nacional incidiu o Sambizanga, Cacuaco, e Cazenga  e culminou com a detenção de 285 indivíduos, dos quais 141 em flagrante delito e 13 por condução ilegal.
Dos detidos, a maioria é jovem, com faixa etária entre os 16 e os 35 anos, e parte do armamento apreendido sofreu alterações que permitem o fácil transporte por parte dos marginais.
A corporação prendeu igualmente 128 elementos envolvidos em crimes relacionados com homicídios, violações, assaltos a residências, furtos e roubos na via pública e infracções económicas. Durante a operação foram detidos 75 estrangeiros por permanência ilegal em Angola.
No município do Sambizanga, a Polícia Nacional destacou efectivos nos bairros Marconi, Petrangol, Mulemba, São Pedro da Barra, Bairro da Paz, Farol das Lagostas, Ossos, Nguanhá, Porto Pesqueiro e na área da empresa Encib. No terreno, as unidades policiais realizaram patrulhamento, durante o qual foram revistadas viaturas e motorizadas com o objectivo de apreender armas de fogo, drogas, detectar carros roubados e marginais perigosos. No Cacuaco, a operação começou às 22 horas, com a colocação de efectivos nas áreas mais problemáticas dos territórios s.
O patrulhamento foi realizado nas áreas conhecidas por Maria do Céu, Santa, Lanchonete, Piri Piri, Iva, Chendovava, colégio Geremias, Pracinha do Malueka, Pracinha da Mamã Ana, Triângulo da Jamaica, área do Cagingomba, bairro Paraíso, Sermadó e Compão. As actividades no Cazenga incidiram na baixa da Nocal, Hoji ya Henda, Mabululu, Soyo e Tira Pistola.

Para o êxito da operação, a Polícia Nacional mobilizou milhares de efectivos, apoiados por dezenas de viaturas e motorizadas.
O trabalho de patrulhamento chegou às áreas de difícil acesso, devido aos becos e à escuridão. Às duas e meia da manhã, na área dos Ossos, Rua Direita do Dande, Sambizanga, os marginais dispararam à queima-roupa contra dois efectivos da Polícia Nacional: o primeiro subchefe José Alberto, 49 anos, colocado na décima Esquadra da Divisão do Sambizanga e o primeiro subchefe Bento António Pande, 45 anos, pertencentes ao Comando de Objectivos Estratégico.
A Polícia Económica durante a operação realizada na área dos Ossos deteve dois homens que se dedicavam ao fabrico de discos piratas. Os agentes apreenderam dez caixas, que continham 100 discos piratas preparados para serem comercializados ao preço de 150 kwanzas e uma aparelhagem completa de gravação de músicas.

Deixe uma comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »