Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Moçambique: Madeira abandonada na província de Nampula

0

Quantidades não especificadas de madeira em toros foram encontradas abandonadas nas diversas matas e florestas da província de Nampula, na sequência do agravamento recentemente das tabelas de multas aplicadas aos operadores ilegais.

É que devido aos valores baixos de multa aplicada anteriormente a pessoas encontradas com madeira irregular, a província de Nampula ficou nos últimos anos famosos em matérias de exploração ilegal de recursos florestas.
Antes, a tabela mínima de multas nos produtos florestais estava fixada em mil meticais, contra os actuais dez mil e o máximo de um milhão de meticais, resultantes da entrada em vigor este ano do decreto 76/2011 de 30 de Dezembro.
Neste momento, segundo fez saber a VOA, Paulo Miguel, Chefe dos Serviços Províncias de Floresta e Fauna Bravia na Direcção Provincial de Agricultura de Nampula, a instituição encontra-se a proceder com a recolha para um local fixo, onde posteriormente poderá ser dado um fim. Aliás, segundo o nosso entrevistado, primeiro a ideia era de que a madeira fosse vendida em hasta pública, mas depois chegou-se ao consenso de canalizado ao sector de educação para efeitos de fabricação de carteiras para por fim a situações em que maior parte de crianças assiste às aulas sentadas no chão.
No ano passado, a província de Nampula, chegou a fabricar com recurso a madeira abandonada 175 carteiras, tendo distribuído para as escolas que apresentavam maiores gravidades.
Recorde-se que só na cidade de Nampula durante o ano lectivo escolar de 2012, vinte cinco mil crianças assistiram as aulas ao relento e consequentemente sentavam no chão.
Paulo Miguel informou que já foram recolhidas 250 metros cúbicos de madeira em toros e entregues a serração da Academia Militar de Nampula de onde os toros serão serrados para posterior fabricação de carteiras na penitenciária industrial de Nampula.
A nossa fonte acredita que com a entrada em vigor do decreto que actualiza os valores das multas no sector florestal, poderá reduzir em Nampula o índice de casos de transcrição da lei. Sem avançar números, a fonte explicou que desde que o decreto entrou em vigor, o seu sector viu igualmente reduzir a incidência de casos ilegais. Contudo, explica a fonte, as equipas de fiscalização encontram-se cada vez mais reforçadas. Aliás diz Paulo Miguel, acredita que seja por esses motivos que há em Nampula muita madeira em toros abandonada.

FONTE: Voa

Deixe uma comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »