Ministério do Interior cria plano para acabar com sobrelotação nas cadeias até 2014

O Ministério do Interior elaborou um plano de expansão das infra-estruturas prisionais que está em plena execução para assegurar, até ao ano de 2014, o final da sobrelotação prisional.

A informação foi prestada hoje, segunda-feira, em Luanda, pelo ministro do Interior, Sebastião Martins, na apresentação do Programa Novo Rumo, Novas Oportunidades dedicado ao sistema Penitenciário.

Referiu que o programa triplica praticamente a capacidade do sistema prisional, cifrando-se em 30.000 lugares, mediante a construção de novos estabelecimentos e a ampliação dos actuais para uma estimativa de 29.000 reclusos.

Em suma, disse, conjugando o Plano de Expansão das Infra-estruturas Prisionais 2011/2012 com resultados animadores do presente programa no que respeita a reabilitação do recluso, criam-se verdadeiras condições para que os mesmos se reintegrem plenamente na sociedade e na comunidade onde provêm, diminuindo consideravelmente a taxa reincidência.

Segundo o ministro, a preocupação do seu pelouro não é construir pura e simplesmente mais cadeias, mas sim criar espaços de internamento que se afirmem como verdadeiros centros de reabilitação e recuperação de homens que em determinado momento da sua vida estiveram em conflito com a lei.

FONTE: Angop

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »