Ler Agora:
Galp reforça estratégia geopolítica no Brasil, Angola e Moçambique
Artigo completo 1 minutos de leitura

Galp reforça estratégia geopolítica no Brasil, Angola e Moçambique

A estrutura de gestão da Galp, liderada por Ferreira de Oliveira, será reforçada com a criação de várias comissões destinadas a acompanhar as principais áreas de negócio da petrolífera. A primeira a arrancar terá por alvo a política internacional da empresa. Presente em quatro continentes, num total de 13 países, a petrolífera nacional irá focar as prioridades de crescimento no Brasil, Angola e Moçambique.

A importância estratégica destas geografias obriga, assim, a uma atenção reforçada, com recurso a uma equipa com “profundo conhecimento do terreno”, realça Ferreira de Oliveira.

Presidida por Américo Amorim, ‘chairman’ da Galp e maior accionista da empresa, esta comissão contará com a presença de Sergio Gabrielli de Azevedo, ex-presidente da Petrobras, que terá por missão acompanhar o mercado brasileiro. Caberá a Baptista Sumbe, actual responsável pela área internacional da Sonangol, supervisionar Angola. Moçambique, onde foram registadas recentemente gigantescas reservas de gás natural, estará a cargo de Abdul Magid Osman, antigo ministro das Finanças daquele país.

FONTE: Económico

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »