Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Filda 2012 encerra com altos indicadores de satisfação

0
Luanda – As portas da 29ª edição da Feira Internacional de Luanda (Filda) encerraram-se este domingo (22) com altos indicadores de satisfação dos expositores, mas, uma vez mais, a organização deixou de divulgar uma estimativa sobre o volume de negócios realizado na exposição.
Tal como ocorreu nas últimas edições, na feira deste ano, os organizadores conseguiram satisfazer, pelo menos na ordem dos 70 por cento, as exigências dos expositores no capítulo de condições de exposição e da atracção à feira de parceiros comerciais com capacidade para realizar negócios.
A par dos contactos de negócios estabelecimento, parcerias e troca de impressões entre expositores e visitantes, a 29ª edição da Filda destacou-se, particularmente, pela alta taxa de ocupação dos espaços, o que levou que fosse colocada uma tenda de aproximadamente 400 metros quadrados para complementar os cinco gigantescos pavilhões, anteriormente já existentes.
Nos seis dias de intenso trabalho, o evento foi guiado pelo mesmo lema do ano transacto “Os desafios da atracção de investimentos”. Ao lema deste ano foi apenas acrescentado “Estratégia, legislação, infra-estruturas e recursos humanos”.
Se a insistência for propositada então nota-se haver um claro desafio aos investidores a apostarem cada vez mais no futuro económico do país.
Ainda na senda dos investimentos, o quarto dia Filda teve o seu toque de especial, tudo por causa da celebração do dia do sector petrolífero, que é um dos sectores que mais tem contribuído para o crescimento económico do país.
A par do dia dos petróleos, que comparativamente aos outros, levou à feira maior número de governantes, entre os quais o titular da pasta, José Maria Botelho de Vasconcelos. A exposição celebrou, igualmente, os dias da Alemanha, de Portugal e do Brasil.
Quanto ao ambiente vivido nos diferentes dias do evento, contrariamente ao primeiro e segundo dias, em que o movimento foi monótono, de terça-feira a domingo, a Feira Internacional de Luanda registou uma afluência acima das expectativas.
Nos últimos quatro dias da feira foi frequente ver, antes da abertura dos portões, um aglomerado de pessoas na parte exterior do “quintalão da Filda”, ansiosas para entrar e apreciarem os produtos e serviços expostos no certame dos mais variados ramos de actividade, com realce para o tecnológico e imobiliário.
A parte cultural da feira multi-secular deixou o registo da actuação dos meninos da Orquestra Kapossoca, dos artistas Cabo Snoop, Yuri da Cunha, C4 Pedro e os Tunezas.
Na já na tradicional gala de premiação, que se realiza para distinguir as empresas e expositores que mais inovam durante a amostra, destacou-se a empresa de telefonia móvel, Unitel (dois “Leões de Ouro”).
Fonte: ANGOP

Deixe uma comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »