Brasil: Dilma mostrou interesse em importar petróleo da Venezuela, diz Chávez

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, afirmou nesta segunda-feira (30) que apresentou à presidente Dilma Rousseff uma proposta para que a Venezuela exporte petróleo para o Brasil. Chávez foi recebido por Dilma em um jantar no Palácio da Alvorada. Segundo o presidente venezuelano, Dilma se mostrou “muito interessada” na proposta.

“Nós propomos e a presidente se mostrou muito interessada e já demos as primeiras instruções para que a Venezuela exporte petróleo cru ao Brasil”, afirmou Hugo Chávez. Ele destacou que a Venezuela deve chegar a uma produção de 3 milhões de barris diários neste ano.

Hugo Chávez também falou sobre um “acordo milionário” que será assinado com o Brasil, que prevê a venda de 20 aeronaves da Embraer para a Venezuela. O anúncio será feito na manhã desta terça-feira.

Participaram do jantar no Palácio da Alvorada: Maria das Graças Foster (Presidente da Petrobrás), Edson Lobão (Ministro de Minas e Energia), Antonio Patriota (Relações Exteriores), Fernando Pimentel (Desenvolvimento, Indústria e Comércio) e Marco Aurélio Garcia (Assessor especial da Presidência para Assuntos Internacionais).

MERCOSUL

Chávez está no Brasil para participar da reunião da cúpula do Mercosul nesta terça-feira. O encontro vai marcar oficialmente a entrada da Venezuela no bloco. De acordo com o presidente, o Conselho do Mercosul já aprovou um cronograma para as adaptações do país ao grupo, com datas para adoção de “tarifas” e “nomenclaturas”, por exemplo. Para Chávez, o ingresso da Venezuela vai fortalecer economicamente o Mercosul.

“O Mercosul passará a ser a quinta potencia mundial e vamos continuar incrementando”, disse.

De acordo com Hugo Chávez, o ministro Fernando Pimentel (Desenvolvimento) irá a Caracas nas próximas semanas acompanhado de um grupo de empresários brasileiros que tem interesse em importar produtos da Venezuela para o Brasil. O governo venezuelano também está atento aos empresários que tenham interesse em investir naquele país, com projetos de infraestrutura, por exemplo

DEMOCRACIA

Questionado sobre a democracia na Venezuela, Hugo Chávez respondeu que seu país é uma das democracias mais avançadas não só da América, mas também “do mundo”. Para Chávez, o ingresso da Venezuela também vai “fortalecer o caráter democrático” do Mercosul. Ele afirmou ainda que a “expulsão” do Paraguai também representou um ato de democracia, pois ocorreu, na sua avaliação, após um “golpe de Estado”.

O presidente venezuelano não quis comentar o julgamento do mensalão, que terá início na próxima quinta-feira, no STF. “É um assunto interno do Brasil”, desconversou.

FONTE: Folha de S. Paulo

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »