InicioMundo LusófonoGuiné-BissauGuiné-Bissau: PAIGC acusa CEDAO de implantar regime «tropacrático» no país

Guiné-Bissau: PAIGC acusa CEDAO de implantar regime «tropacrático» no país

Bissau – O Secretário Nacional para a Comunicação do Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), que a Comunidade Económica para o Desenvolvimento da África Ocidental (CEDEAO) implantou o regime que considerou «autocrático», aquando da indigitação de Serifo Nhamadjo para Presidente de Transição.

Em conferência de imprensa realizada esta sexta-feira, 25 de Maio, em Bissau, Fernando Mendonça disse que, com esta situação estão criadas todas as condições para mais lutas e para a reposição da legalidade na Guiné-Bissau.

«Os guineenses assistiram com tristeza à implantação de um regime que consideramos e isto não nos faz baixar os braços», disse Fernando Mendonça.

Em relação ao método a utilizar para contornar a situação, o responsável afirmou que o povo guineense é resistente, acreditando que os golpistas vão acabar por ser vencidos num Estado democrático.

Neste sentido, Fernando Mendonça sublinhou que o PAIGC não reconhece nem reconhecerá o Governo dirigido por Serifo Nhamadjo.

Relativamente ao caso do assassinato de Março de 2009, este dirigente político mostrou-se admirado com as pessoas que falam nos autores morais sobre as mortes ocorridas no país, sem mencionarem os autores materiais destas mortes.

Fonte: PNN

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.