InicioAngolaÁreas desminadas aceleram as obras

Áreas desminadas aceleram as obras

O ministro da Assistência e Reinserção Social, João Baptista Kussumua, garantiu que depois da conclusão do processo de desminagem, as obras nas reservas fundiárias e a montagem de postes de transporte de energia eléctrica ganham dinamismo.
O ministro, acompanhado do vice-governador para a área Económica, Francisco Fato, e dos membros da Comissão Executiva de Desminagem, deslocou-se à região do Gove, onde se situa a barragem hidroeléctrica com o mesmo nome, tendo recebido informações do director do gabinete para a administração da bacia hidrográfica do rio Cunene, Armindo Mário Gomes da Silva.
João Baptista Kussumua disse à imprensa que a visita serviu para verificar o curso do processo de remoção de minas e outros engenhos explosivos implantados no solo durante os anos de conflito armado.
O chefe de direcção de infra-estruturas do comando do exército, tenente-general Miguel Kiangala, informou que o processo conta com o envolvimento de brigadas afectas às Forças Armadas Angolanas (FAA), do Instituto Nacional de Desminagem (INAD), equipas mecanizadas de “Hitachi” e da Organização Não-Governamental The Hallo Trust.
Miguel Kiangala disse que, de 2011 até ao presente, foram realizadas acções operativas de demarcação, desmatação, desminagem, recolha, remoção e destruição de minas e diversos engenhos explosivos não detonados, além de acções de educação sobre riscos de minas nas áreas em actividade.

Programas sociais

O ministro João Baptista Kussumua visitou também, na sexta-feira, as obras em curso para a construção do lar de idosos no bairro Casseque, além de ter mantido um encontro com a comissão multi-sectorial e com os membros do governo local.
Na visita ao lar de idosos, o ministro da Assistência e Reinserção Social referiu-se à oportunidade da distribuição de energia eléctrica à residência, localizada no bairro de Njongolo, a 12 quilómetros da capital da província.
“Uma vez que o sistema de abastecimento de água às residências e o jango já estão completamente modernizados, queremos apelar aos mais velhos que cuidem bem deste centro, além de incentivaram as crianças no sentido de continuarem a estudar afincadamente”, frisou o ministro durante o encontro com os 190 idosos.
João Baptista Kussumua afirmou que a sua visita ao Huambo serviu para avaliar algumas tarefas do sector da assistência e reinserção social, recolher informações sobre o andamento dos projectos em curso e deixar algumas orientações, sobretudo as relacionadas com os investimentos sociais para a melhoria das condições de vida das pessoas idosas.
O ministro Kussumua disse ter aproveitado também a sua estada para estabelecer com o governo local os mecanismos para a conclusão dos projectos, para que estejam à disposição da população e, de forma particular, da pessoa idosa ainda este ano.
João Baptista Kussumua visitou também as obras do futuro lar dos idosos do bairro Casseque, arredores da cidade do Huambo, que vai albergar 150 pessoas.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.