InicioMundo LusófonoMoçambiqueMoçambique não está destinado a ser pobre – Guebuza

Moçambique não está destinado a ser pobre – Guebuza

O Presidente Armando Guebuza, disse hoje em Urrene, distrito de Panda, província de Inhambane, que Moçambique não está pré-destinado para ser pobre e que um dia a pobreza será vencida no país.

Falando em comício popular orientado no posto administrativo de Urrene, local onde iniciou a sua Presidência Aberta e Inclusiva à província de Inhambane, Guebuza disse ser importante ter em mente que “não nascemos para sermos pobres”.

“Temos um povo trabalhador, temos crianças que gostam de estudar e temos muita riqueza que nos foi deixada pelos nossos antepassados”, disse ele, apontando a terra fértil, as florestas e outros tantos recursos naturais espalhados pelo país como sendo importantes para tirar o país da pobreza.

“Isso reforça a nossa convicção de que nós iremos vencer a pobreza”, disse o estadista moçambicano, que hoje iniciou a sua visita de cinco dias a província de Inhambane, durante a qual deverá também escalar os distritos de Inharrime, Inhassoro e Massinga bem como a cidade de Inhambane, a capital provincial.

Contudo, Guebuza disse que a vitória na luta contra a pobreza depende de todos os moçambicanos, cada um fazendo a sua parte.

“A pobreza combate-se todos os dias, cada um fazendo a sua parte”, disse ele, dando o exemplo das crianças na escola, enfermeiros, electricistas, entre outros profissionais.

Na sua intervenção, Guebuza caracterizou a pobreza como sendo a situação em que nem todas pessoas têm o suficiente para satisfazer as suas necessidades básicas, o que, infelizmente, ainda acontece com muitos moçambicanos.

Apesar dessa insuficiência, Guebuza reconheceu que, olhando para o passado, se nota sinais de melhoria das condições de vida da população, com a expansão de rede escolar, de estradas, energia, entre outros serviços.

Depois do comício popular realizado em Urrene, Guebuza partiu para a vila sede do distrito de Panda, onde dirigiu uma sessão extraordinária do Governo provincial alargada aos administradores dos distritos, presidentes dos conselhos municipais e outros quadros.

Nesta sua visita a província de Inhambane, Guebuza faz-se acompanhar pela Ministra da Administração Estatal, Carmelita Namachulua, e pelos vice-ministros da Educação, Arlindo Chilundo, e do Interior, José Mandra.

Fonte: RM/AIM

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.