InicioAngolaPoesia de Neto no ensino geral

Poesia de Neto no ensino geral

Irene Neto, do conselho de administração da Fundação Agostinho Neto, defendeu na Coreia do Sul, que a obra “Sagrada Esperança” deve ser divulgada nas escolas do ensino geral e nas universidades para que seja conhecida com maior profundidade pelos estudantes.
A também deputada considerou, em declarações à Angop e à Rádio Nacional de Angola, “histórica” e “épica” a obra poética do primeiro presidente de Angola. Irene Neto deslocou-se à Coreia do Sul para assistir à cerimónia de lançamento da obra “Sagrada Esperança”, traduzido para a língua coreana.
A actividade aconteceu ontem no Pavilhão de Angola na Expo Yeso 2012, por ocasião do Dia de África.
A administradora da Fundação Agostinho Neto defendeu a necessidade de se fazer um investimento na formação de professores com sensibilidade e interesse em promover o debate e o conhecimento da obra de Agostinho Neto.
Para Irene Neto, a obra literária de Agostinho Neto reflecte as condições de vida do povo angolano antes da independência. Questionada sobre as actividades que marcam este ano o 90º aniversario do nascimento de Agostinho Neto, em Setembro, Irene Neto disse que a fundação tem vindo a realizar, em média uma vez por mês, acções com valor simbólico.
Irene Neto destacou que o fundador da Nação Angolana, apesar de ter não chegado aos 60 anos, era considerado um ancião, um idoso no sentido de sábio, exactamente pela sua forma de ser e pelos seus conhecimentos.
Sobre a tradução da obra poética de Agostinho Neto na língua coreana, Irene Neto afirmou ser uma forma de dar a conhecer Angola e a África aos povos orientais, sobretudo numa exposição de carácter universal como é a Expo.

“Renúncia impossível”

A obra poética do primeiro presidente de Angola, que inclui “Sagrada Esperança”, “Renúncia Impossível” e “Amanhecer”, foi lançada, na tarde de ontem, no pavilhão de Angola na Expo Yeosu 2012, em cerimónia dirigida pela presidente do conselho de administração da Fundação António Agostinho Neto, Maria Eugénia Neto.
O lançamento da obra, com 214 páginas, resulta de uma iniciativa da Fundação Agostinho Neto em colaboração com a Embaixada de Angola em Seul. O acto compreendeu uma sessão de autógrafos, bastante concorrida por angolanos, sul-coreanos, representantes na Expo de países africanos e doutros continentes.
O livro foi traduzido pelo Departamento de Estudos Estrangeiros da Universidade Hankuk de Seul e teve uma tiragem de mil exemplares. Assistiram à cerimónia Maria Eugénia Neto, Irene Neto, o embaixador de Angola, Albino Malungo, e a comissária Nacional da Expo, Albinas Assis.

O discurso de Maria Eugénia

A presidente da Fundação Agostinho Neto, Maria Eugénia Neto, afirmou que o fundador da Nação Angolana é o poeta épico que cantou a luta de libertação de Angola.
Qualificando-o de “um dos grandes poetas de África  e da língua portuguesa”, Maria Eugenia Neto defendeu a divulgação da sua obra no país e no estrangeiro, por causa da sua dimensão universal. A viúva do primeiro Presidente de Angola  falava no acto de lançamento da obra poética de Agostinho Neto, no pavilhão angolano, na Expo Yeosu.
A oradora, que teve a responsabilidade da apresentação do livro, disse que esta é uma oportunidade para que Angola e África sejam conhecidos pelos povos do Oriente, porque só com este intercâmbio entre os intelectuais se pode construir um novo mundo.
Confessando-se “uma apaixonada pelas culturas orientais”, Maria Eugénia Neto disse ser necessário ter ideias novas para que o passado não desapareça e a juventude seja capaz de construir um mundo onde os valores da universalidade sejam notórios.
Maria Eugénia Neto agradeceu à sua filha, a deputada Irene Neto, que não poupou esforços estabelecendo contactos permanentes com o tradutor, editor e outros intervenientes para que a obra viesse a público.
Os agradecimentos foram extensivos à Embaixada de Angola na Coreia do Sul, em particular ao embaixador Albino Malungo, e à Universidade de Hankuk, responsável pela tradução em língua coreana.

Fonte: JA

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.