InicioAngolaONU investiga alegações de massacre na Síria

ONU investiga alegações de massacre na Síria

Uma equipa de observadores da ONU chegou á cidade  de Houla na Síria onde activistas dizem que mais de 90 pessoas, incluindo muitas crianças, morreram em bombardeamentos de artilharia de forças governamentais.

O numero de vítimas não pode ser confiormado por fontes independentes.

O observatório sìroro dos direitos humanos disse á Voz da América que ataques das forças governamentais forçaram residentes a abandonar as suas casa provocando manfiestaçoes anti governamentais em Damasco.

O ministro dos negócios estrangeiros francês Laurent Fabius  condenou a violência e pediu uma reunião em Paris dos chamados “Amigos da Síria”, um grupo que está a tentar remover do poder o presidente sírio Bashar al Assad.

O Conselho Nacional Sírio da oposição apelou ao Conselho de Segurança da ONU para uma reunião de emergência.

Uma equipa de observadores da ONU chegou à cidade de Houla hoje para avaliar a situação.

A violência na Síria tem continuado apesar de um cessar fogo negociado pelo enviado especial Koffi Annan e da presença de observadores ONU.

Fonte: VOA

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.