InicioMundo LusófonoPassos Coelho contra flexibilização das regras do pacto de estabilidade e crescimento

Passos Coelho contra flexibilização das regras do pacto de estabilidade e crescimento

Lisboa – O primeiro-ministro português, Pedro Passos Coelho, deixou claro, ontem, quinta-feira, de madrugada no final da cimeira europeia, que «a pior coisa que poderia acontecer era uma flexibilização do Pacto» de estabilidade e crescimento.

«A pior coisa que podia acontecer hoje era virmos publicamente anunciar a intenção de flexibilizar as regras do pacto de estabilidade e crescimento ou que não vamos transpor a regra de ouro para o normativo nacional ou que não vamos cumprir as metas que tínhamos fixado», disse Pedro Passos Coelho.

Na opinião do governante, esta flexibilização é problemática porque dá a impressão que a receita aplicada em Portugal é mais severa que noutros países, e dará instrumentos à oposição e até a alguns dentro do PSD para reclamar o mesmo tratamento junto da troika, nomeadamente adiar até 2014 um défice público abaixo de 3%.

Fonte: PNN Portuguese News Network

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.