InicioEconomiaFeira Internacional de Benguela regista elevado nível de negócios

Feira Internacional de Benguela regista elevado nível de negócios

A segunda edição da Feira Internacional de Benguela, que decorreu de 16 a 20 de Maio em Benguela, foi para os expositores “um verdadeiro sucesso”, com registo recorde de entradas que rondou as 30 mil pessoas.
Manuel Novais, da organização, disse que “a FIB’2012 excedeu todas as nossas expectativas em número de empresas participantes, mas também do número de pessoas que passaram pelo Estádio Nacional de Ombaka. Recebemos o dobro de visitantes do que esperávamos, o que veio acentuar o ambiente de festa que se viveu durante aqueles dias.”
Considerada como uma das maiores feiras do país, a Feira Internacional de Benguela contou com a presença de 226 expositores, que tiveram a oportunidade de dar a conhecer a sua actividade, os seus serviços e de reforçar as suas redes de contactos e parcerias.
Para os empresários que se deslocaram a Benguela, esta foi uma excelente plataforma para a promoção dos negócios e para o desenvolvimento económico da região: “criámos esta feira com o objectivo de destacar as potencialidades económicas e industriais dos pólos de Benguela e Lobito, assim como das áreas envolventes e os seus circuitos comerciais, pois essa é a melhor forma de atrair investimentos nacionais e internacionais, capazes de apoiar o desenvolvimento da região e contribuir para o seu crescimento. É com muita satisfação que vemos esse propósito novamente cumprido”, afirma Manuel Novais.
Mas nem só de negócios viveu a feira. Este ano, e pela primeira vez, associou-se às comemorações dos 395 anos da cidade de Benguela, contando para tal com um programa de entretenimento em paralelo, que levou até ao Estádio Nacional de Ombaka milhares de pessoas, com os espectáculos de Yuri da Cunha e Matias Damásio.
“Trabalhámos para ter uma feira ao nível dos melhores do género e conseguimos. Investimos na melhoria das condições oferecidas aos expositores, no acesso gratuito à internet e na climatização do espaço, com 54 novos equipamentos de ar condicionado. Reforçámos também a aposta na comunicação e alargámos o seu âmbito e cobertura. Tudo para fazer desta edição a melhor de sempre”, conclui Manuel Novais.

Descobrir talentos

O vice-governador de Benguela para o sector económico e produtivo, Agostinho Estêvão Felizardo, considerou a Feira Internacional de Benguela uma oportunidade para promover negócios e descobrir talentos para o relançamento do tecido socioeconómico da província.
Estêvão Felizardo, que falava na cerimónia de encerramento da feira, lançou o desafio para que mais empresas participem no próximo ano: “queremos realçar, neste momento particular, as empresas que aderiram porque perceberam como a nossa feira é importante. Faço votos de que no próximo ano mais empresas locais, mais empresas regionais e mais empresas internacionais participem”.
O vice-governador garantiu o apoio do governo na realização regular da Feira Internacional de Benguela, para que a província possa desenvolver a sua economia a curto prazo: “queremos reafirmar aqui, a predisposição do Governo Provincial em continuar a criar condições que contribuam directamente para que esta feira ocupe o seu espaço no âmbito nacional e internacional”.

Fonte: JA

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.