InicioAngolaMarcha de jovens apoia o Presidente

Marcha de jovens apoia o Presidente

Centenas de pessoas percorreram ontem as ruas de Mbanza Congo, numa organização do comité provincial do MPLA, para manifestar o seu “apoio incondicional à indicação de José Eduardo dos Santos como cabeça de lista do partido nas eleições gerais”.
A manifestação juntou militantes, simpatizantes e amigos do MPLA que, com autocarros, viaturas ligeiras e motorizadas, percorreram a cidade, num trajecto de sete quilómetros.
Os manifestantes partiram do comité provincial do MPLA, passaram por várias artérias da cidade até chegarem ao estádio municipal Álvaro Buta, onde foi realizado um acto político de massas dirigido pelo primeiro secretário municipal do MPLA em Mbanza Congo, Pedro Jovelino Bidy.
O político exortou os cidadãos a terem durante as eleições uma conduta responsável, para que o país continue a trilhar o caminho da paz, prosperidade e harmonia social.
Pedro Bidy lembrou que o Executivo tem elaborado políticas sociais que promovem o desenvolvimento do país para cada cidadão viver condignamente.
O político enalteceu os avanços registados nos domínios da vida social e económica, desde o alcance da paz.

Malange

A marcha de apoio ao Presidente José Eduardo dos Santos em Malange reforçou “os desafios de unidade nacional, integridade territorial e manutenção da paz”.
No final da marcha que manifestou o apoio do partido à indicação do Presidente José Eduardo dos Santos como cabeça de lista nas eleições gerais, o primeiro secretário do MPLA em Malange, Boaventura Cardoso, afirmou que a paz permitiu a reabilitação de infra-estruturas, como pontes, escolas, hospitais e estradas que concorrem para garantir o bem-estar da população e a livre circulação de pessoas e bens.
Boaventura Cardoso reconheceu que, apesar dos esforços feitos, muito ainda há por fazer para melhorar as condições de vida dos angolanos, sobretudo nos domínios da distribuição de água potável, energia eléctrica, oferta de habitação, redução do índice de desemprego e o combate à fome e à pobreza. O Executivo, segundo o primeiro secretário do partido, tem programas de acção que garantem respostas adequadas às inquietações e necessidades da população.  Boaventura Cardoso referiu que a realização periódica de eleições garante o reforço da democracia e das acções para o desenvolvimento. “Em época de eleições, muitos partidos aproveitam a ocasião para denegrir a imagem do MPLA, por isso peço a vossa especial atenção e maior vigilância para não caírem nas políticas demagógicas dos nossos adversários”, afirmou.
Boaventura Cardoso defendeu que a democracia é incompatível com manifestações que promovem a desestabilização, a tranquilidade e a ordem pública.

Respeito

O primeiro secretário do comité provincial do MPLA no Huambo, Fernando Faustino Muteka, repudiou sábado, durante um acto político de massas no Largo Dr. Agostinho Neto, o desrespeito de muitos cidadãos às instituições do Estado e órgãos de soberania democraticamente eleitos. O político, que falava para milhares de militantes, amigos, simpatizantes e a população que aderiu de forma massiva ao comício de apoio ao Presidente José Eduardo dos Santos como cabeça de lista do partido nas eleições gerais, apelou aos cidadãos para pautarem a sua conduta pelo reforço da unidade nacional, democracia, liberdade, paz e participarem na construção de uma sociedade mais justa.
Fautino Muteka afirmou que a realização de eleições periódicas garante normalidade democrática e reforço das instituições do Estado e lamentou que ainda haja cidadãos com tendências para desestabilizar o processo de paz e instaurar a desordem pública. Faustino Muteka recordou à multidão presente que o país conheceu avanços com a conquista da paz, nos domínios da educação, saúde, obras públicas, transportes e telecomunicações, energia e água ou na agricultura.
Destacou ainda a reabilitação de barragens hidroeléctricas, caminhos-de-ferro, sistemas de captação e abastecimento de água potável, programas integrados de desenvolvimento rural e combate à pobreza.  O político pediu aos militantes e simpatizantes do MPLA na província para continuarem a manter uma postura responsável e organizada, para o cumprimento das tarefas traçadas pelo partido para garantir qualidade de vida e bem-estar social da população.

Reconstrução

Jovens da província do Huambo foram encorajados a reforçar a sua contribuição ao processo de reconstrução nacional em curso e contribuir para a promoção de acções de crescimento e desenvolvimento sustentável, durante um acto político de massas em apoio ao Presidente José Eduardo dos Santos, realizado no sábado.
O primeiro secretário provincial da JMPLA no Huambo, Júlio Cabral Paulo, considerou que a juventude deve reafirmar o seu compromisso com o processo de reconstrução de novas infra-estruturas sociais para o bem da população.
“A juventude deve mobilizar-se com a sua força, coragem, bravura e determinação nas acções de crescimento e de desenvolvimento do país, preservação da paz e da reconciliação nacional”, disse Júlio Cabral Paulo, realçando que o processo de reconstrução nacional tem trazido novas infra-estruturas escolares para formação académica e profissional dos cidadãos, além da livre circulação de pessoas e bens.

* Com  Angop

 

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.