InicioDestaquesGás produzido em Angola exportado para Argentina

Gás produzido em Angola exportado para Argentina

A Argentina pretende comprar o gás do projecto angolano LNG logo após a conclusão do processo de negociação com a Sonangol, anunciou o embaixador daquele país em Angola.
Juan Agustin Caballero disse que a intenção é diversificar e incrementar as trocas comerciais entre os dois países, cuja balança pende positivamente para a Argentina, com um volume de negócios avaliado em 230 milhões de dólares de produtos ligados ao sector da agro-pecuária e indústria alimentar.
O diplomata, que falava à margem do encerramento da Feira de Produtos e Sistemas Tecnológicos da Argentina, disse que a abertura da linha de crédito de 100 milhões de dólares, anunciada pela Presidente Cristina Kirchner, vai ajudar a promover a cooperação entre empresários nacionais e argentinos, trazendo vários benefícios na cooperação Sul-Sul.
“Esta linha de crédito tem como benefício, para os angolanos e argentinos, uma taxa de juros de dois por cento e um prazo de reembolso de dez  a 12 anos, com um período de carência de cinco anos”, explicou.
Ao avaliar a feira, Juan Agustin Caballero considerou o certame  positivo, tendo em conta o número de contactos e negócios efectuados entre angolanos e argentinos, sobretudo nas áreas da indústria alimentar e agropecuária: “foi possível notar da parte dos expositores uma satisfação na esperança da concretização dessas parcerias”.
O embaixador Juan Agustin Caballero Disse que a maioria dos empresários argentinos procurou na Feira Internacional de Luanda a concretização de parcerias com homólogos angolanos na perspectiva de juntos desenvolverem os seus negócios.O empresário António  Corrilo, administrador da empresa Punta Mogote, ligada à indústria têxtil, confirmou a assinatura de um acordo para a montagem de uma fábrica de vestuário em Angola.
Abre em breve um estabelecimento para comercializar os seus produtos, numa primeira fase, e depois instala a fábrica.

Para António Corrilo, a feira foi uma grande oportunidade para conhecer um mercado promissor como o de Angola. A empresa Bahia Blanca trouxe como proposta casas de madeira, cujos preços variam entre 32 e 95 mil dólares, incluindo a montagem em Angola. A primeira edição da Feira de Produtos e Sistemas Tecnológicos da Argentina trouxe a Angola 400 empresários argentinos das mais variadas áreas de negócios.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.