InicioAngolaAdvogados de língua portuguesa analisam Estado de Direito e Desenvolvimento

Advogados de língua portuguesa analisam Estado de Direito e Desenvolvimento

Luanda – A União dos Advogados de Língua Portuguesa (UALP) vai analisar, de 24 a 26 do corrente, em Luanda, a “Advocacia, Estado de Direito e Desenvolvimento”, durante o seu II Congresso Internacional.

A informação, que vem expressa numa nota de imprensa chegada à Angop hoje, segunda-feira, dá conta que, durante a reunião, os participantes vão abordar temas como a “Advocacia nas constituições dos Países de Língua Portuguesa”, “O Sistema da Commonwealth e a cooperação com a Advocacia de língua portuguesa”.

Estarão igualmente em análise “A Advocacia e a Reforma no Judiciário”, “Prerrogativas do Advogado – direito do cidadão”, a “Advocacia e o ensino do direito – qualidade e oportunidades”, “O sigilo profissional, relação de confiança advogado/cliente e os crimes de capitais e financiamento ao terrorismo”.

O documento revela ainda que no dia 26, sábado, tomarão posse os novos órgãos sociais da Ordem dos Advogados de Angola (OAA).

Ao congresso participarão delegações do Brasil, Cabo Verde, Guiné Bissau, Macau, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Portugal, Timor-leste.

O evento vai, de igual modo, contar com a participação de bastonários convidados do Congo-Brazzaville, da Rdcongo, Namíbia, Zâmbia, Guiné Equatorial, e da Guiné-Conakry, além de representantes da União Internacional de Advogados e da SADC LAW Association, entre outras individualidades.

Fonte: Angop

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.