InicioAngolaManifestação em Luanda: UNITA exige transparência eleitoral, afirma Samakuva

Manifestação em Luanda: UNITA exige transparência eleitoral, afirma Samakuva

O presidente da UNITA, Isaías Samakuva apelou os angolanos para que estejam atentos ao processo organizativo das próximas eleições que deverão ter lugar no próximo mês de Setembro.

Durante uma manifestação do principal partido da oposição em Luanda com apresença de milhares de apoiantes, o líder da UNITA repartiu a sua intervenção por dois temas: o social e as eleições.

A manifestação de hoje foi  convocada pelo “galo negro” para clamar transparência no processo organizativo eleitoral, que tem sido marcado por inúmeras irregularidades segundo os partidos na oposição.

A meio desta semana o Tribunal Supremo deu razão à UNITA e ao PRS decidindo afastar Suzana Inglês da chefia da CNE-Comissão Eleitoral.

“O MPLA quer alterar a lei eleitoral, o que é reprovável”, afirmou Samakuva na manifestação de Luanda.

Não houve entretanto incidentes de maior importância a registar, apesar de iniciativas que poderão ser entendidas como actos provocatórios ocorridos no Catetão, ponto de concentração, quando militantes da OMA e da JMPLA passaram pelo local.

O comício de hoje na capital reuniu milhares de pessoas, principalmente jovens e segundo observadores pode ter deixado um importante sinal para perspectivar melhores reequilíbrios das peças no xadrez político em Angola.

Altos responsáveis do partido no poder encabeçados pelo segundo secretário de Luanda Balduíno Carlos, discretamente protegidos por agentes da polícia armados com metralhadoras, foram vistos a presenciar o movimento à porta do Comité Provincial.

Fonte: VOA

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.