InicioAngolaPolícia Nacional vai pautar por conduta imparcial

Polícia Nacional vai pautar por conduta imparcial

Luanda – O comandante-geral da Polícia Nacional, Ambrósio de Lemos, assegurou hoje, em Luanda, que a corporação pautará por conduta imparcial, para a resolução de todos os casos que chegarem ao seu conhecimento com elevado profissionalismo e ética, face as eleições gerais, previstas para o ano em curso.
O comissário-geral Ambrósio de Lemos falava no acto de encerramento do 11º curso básico de polícia, com a composição de 855 elementos licenciados à disponibilidade do serviço militar activo para o ingresso na Polícia Nacional.
Referiu que a corporação concentrou toda a atenção à execução de medidas concernentes ao asseguramento das eleições gerais, um acontecimento de grande importância, por se tratar de um acto de soberania, através do qual os cidadãos, juridicamente capazes, exercem, por sufrágio universal, o direito de escolha dos seus representantes.
Disse que o aumento do número de efectivos vai contribuir sobremaneira para a concretização das acções já em curso, no sentido de garantir segurança as diversas fases do processo eleitoral, isto é, antes, durante e pós eleições.
Por outro lado, notou que os índices ascendentes de criminalidade violenta obrigam a corporação a reforçar-se em homens e meios e juntar todas as forças e inteligência para um acérrimo combate, com vista a mudar o actual quadro, isto é, tranquilizar a população, especialmente na capital do país, Luanda.
“A Polícia Nacional, em toda a extensão do país, promete e garante que não poupará esforços, com os meios e homens ao seu dispor, para que os fora de lei não tenham espaço de manobra e cometam actos que alterem a ordem e perturbem a sociedade honesta e trabalhadora”, frisou.
Ambrósio de Lemos apelou aos cidadãos nacionais e estrangeiros a recorrerem aos terminais telefónicos que estarão à disposição e destinados especificamente a receber todas as denúncias, para ajudar a corporação a desenvolver, com maior eficácia, o dever de manter a ordem e a tranquilidade.
Relativamente ao curso, adiantou que visou fundamentalmente dotar os formandos de conhecimentos imprescindíveis ao correcto desempenho da função de agente de autoridade.

Fonte: Angop

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.