InicioEconomiaMoody's corta rating de 16 bancos espanhóis

Moody’s corta rating de 16 bancos espanhóis

A agência de notação financeira Moody’s anunciou hoje descidas do rating de 16 bancos espanhóis, incluindo os pesos-pesados do setor, numa consequência direta da descida, há algumas semanas, do rating da dívida soberana espanhola.

No lote dos 16 bancos afetados pela descida, cujo rating baixou entre um e três níveis, incluem-se o Santander, o BBVA, a CaixaBank e o Banesto.

Os outros bancos que viram o seu rating revisto em baixa foram: a filial britânica do Santander, Unicaja, Banco Popular, Caja Rural de Navarra, Banco Sabadell, Liberbank, Cajamar Caja Rural, Lico Leasing, CECA, Caja Rural de Granada, Banco Cooperativo Español, e Bankinter.

Entre os argumentos para o corte da notação estarão as condições adversas que enfrenta o negócio bancário num ambiente macroeconómico de recessão e de rápido agravamento do volume de crédito malparado.

Apesar da situação de liquidez do setor, mercê dos empréstimos do Banco Central Europeu (BCE), a banca espanhola está a sentir dificuldades no acesso aos mercados de capitais, uma situação preocupante tendo em conta as novas necessidades de provisões.
Bancos vulneráveis à recessão e crise imobiliária

A descida do rating da banca espanhola ocorre num momento de grandes dificuldades para o setor, que tem que cumprir 22.000 milhões de euros de provisões adicionais para cobrir a sua exposição ao setor imobiliário.

Analistas da Moody’s publicaram esta semana um relatório em que consideram que os bancos espanhóis “são vulneráveis perante a recessão e a continuada crise imobiliária”.

Há duas semanas, a Standard & Poor’s já tinha descido o rating da banca espanhola, deixando várias entidades no nível de “lixo”, antecipando-se que possa emitir uma nova comunicação antes do final deste mês.
Bankia em situação delicada

A Bankia, na semana passada nacionalizada pelo Estado, continua a ser a entidade em situação mais delicada, com notícias de fuga de 1.000 milhões de euros em depósitos – que entretanto o Governo desmente – e uma queda profunda na bolsa.

Hoje as ações da Bankia chegaram a cair 29%, mas a descida moderou-se ligeiramente, apesar de a poucas horas do fecho da jornada ainda estarem a cair 14%.

Em termos globais, a entidade perdeu já cerca de 60% do seu valor em bolsa ou mais de 3.500 milhões de euros.
Catalunha e Murcia no “lixo”

Também hoje, a Moody’s desceu o rating a quatro regiões autónomas espanholas, baixando os da Catalunha e Múrcia para “lixo” e os da Extremadura e Andaluzia para notas negativas.

Depois desta revisão, a nota da Catalunha desceu um nível, passando de Baa3 a Ba1, o de Múrcia caiu dois níveis, de Baa2 a Ba1, o da Extremadura um nível, de A3 para Baa1, e o da Andaluzia dois níveis, de A3 a Baa2.

Fonte: Expresso

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.