InicioAngolaAlcides Sakala: Suzana Inglês saiu mas falta de transparência continua

Alcides Sakala: Suzana Inglês saiu mas falta de transparência continua

O dirigente da UNITA, Alcides Sakala, disse que apesar da saída de Suzana Inglês da CNE (Comissão Nacional Eleitoral), o seu partido continua a exigir transparência no processo eleitoral.

Por isso – disse – continuam a se justificar as manifestações convocadas para este sábado. Sakala, secretário dos Negócios Estrangeiros e porta-voz da UNITA, respondia aos ouvintes da Voz da América, no programa Angola Fala Só.

O País

Alcides Sakala, porta-voz da UNITA e seu secretário dos Negócios Estrangeiros

O dirigente da UNITA declarou pensar que “não vai haver incidentes” nas manifestações. Foi para assegurar a normalidade – disse Sakala – que uma delegação da UNITA, chefiada pelo seu presidente, Isaías Samakuva, se reuniu com o ministro do Interior, Sebastião Martins, e com o comandante-geral da Polícia Nacional, Ambrósio de Lemos.

Segundo Sakala foi feita a “avaliação de todos os riscos possíveis” para se “acautelar a segurança.” Aquele dirigente disse que a UNITA ficou satisfeita com o que ouviu, mas quer ver como será a práctica.

Considerou pouco ético o comportamento do MPLA ao convocar manifestações para o mesmo dia das manifestações da UNITA por entender que isso pode dar ocasião a provocações desnecessárias. Também foi abordada na reunião a passividade policial face a incidentes causados em manifestações anteriores por estranhos às mesmas.

Alcides Sakala condenou, por outro lado, os orgãos de comunicação social públicos por não terem feito referência alguma às manifestações deste sábado e outras actividades da UNITA.

Fonte: VOA

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.