InicioMundo LusófonoBrasilBrasil: Dilma emociona-se ao dar posse à Comissão da Verdade

Brasil: Dilma emociona-se ao dar posse à Comissão da Verdade

A presidente brasileira Dilma Rousseff emocionou-se, esta quarta-feira, em Brasília, ao dar posse à Comissão da Verdade que durante os próximos dois anos vai investigar os crimes ocorridos durante a ditadura brasileira.

«Não nos move o revanchismo, o ódio nem o desejo de reescrever a história, mas mostrar o que aconteceu, sem camuflagem, sem vetos, por isso, muito me alegra estar acompanhada por todos os presidentes que me antecederam», disse a presidente brasileira que durante a ditadura militar (1964-1985) esteve presa três anos e foi torturada.

No final do discurso, Dilma emocionou-se ao falar dos mortos e desaparecidos durante a ditadura. «As novas gerações merecem a verdade e, sobretudo, merecem a verdade factual aqueles que perderam amigos e parentes e que continuam sofrendo, como se eles morressem de novo a cada dia», disse a presidente visivelmente emocionada, lembrando os companheiros perdidos durante aquele período.

A advogada que defendeu Dilma na ditadura, Rosa Maria Cardoso da Cunha, José Carlos Dias, ex-ministro da Justiça, Gilson Dipp, ministro do Superior Tribunal de Justiça, Claudio Fonteles, ex-procurador-geral da República, Paulo Sérgio Pinheiro, advogado e ex-secretário de Direitos Humanos, Maria Rita Kehl, psicanalista e escritora e o advogado José Paulo Cavalcanti Filho, foram os sete escolhidos pela presidente para fazerem parte da Comissão da Verdade.

Fonte: ABOLA

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.