InicioAngolaJovens do Zango ganham centro de formação profissional

Jovens do Zango ganham centro de formação profissional

Viana – Os jovens do bairro Zango, na Comuna de Calumbo, município de Viana, em Luanda, ganharam hoje, domingo, uma instituição denominada ?Centro de formação sócio profissional Auxiliadora do Zango” (CESA)?.
No acto da inauguração do centro, o bispo de Viana, Dom Joaquim Ferreira Lopes, ao abençoar o empreendimento destacou a sua importância do local que contará com a ajuda das irmãs Salesianas para a sua manutenção.
O bispo referiu que a presença da igreja no Zango é restrita, ao exemplificar que numa área onde deveria haver quatro paróquias só tem uma.
Neste contexto, continuou, o centro para os jovens e outros que virão para fornecerem conhecimentos já era uma necessidade e vai responder a carência que o Zango tinha nesse campo.
Por seu turno, o arquitecto Bento Soito, manifestou igualmente a sua satisfação, enquanto integrante do programa de realojamento, pelo facto de determinadas pessoas se unirem em determinado momento para se unirem aos esforços do executivo e criarem uma instituição onde os interessados pudessem ser formados e assim contribuírem no processo de desenvolvimento do país.
Para Bento Soito, o conhecimento também promove o emprego, e o centro vai ajudar os membros da comunidade do Zango e de Calumbo, a progredirem e atingirem melhores níveis na vida.
O centro de formação socioprofissional Auxiliadora do Zango (Cesa) é resultado da parcerias entre a associação Kambas do Bem, Odebrecht por meio do Projecto “Programa de Realojamento das Populações” e a Congregação das irmãs Salesianas.
No Cesa, as madres salesianas, da Igreja Católica, vão ministrar cursos de informática, inglês, culinária, pastelaria, decoração e música.
Fonte: Angop

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.