InicioAngolaPreparação das FAA tem de se conformar a concepções estratégicas - general...

Preparação das FAA tem de se conformar a concepções estratégicas – general Nunda

Luanda – A preparação e o desenvolvimento das Forças Armadas Angolanas tem de estar em conformidade com as concepções estratégicas e as hipóteses de emprego, defendeu hoje (segunda-feira), em Luanda, o chefe do Estado Maior General das FAA, general Geraldo Sahipengo Nunda.

O responsável militar fez o pronunciamento na cerimónia de abertura do 1º curso de curta duração, destinado à formação
e actualização de oficiais generais, comandantes e membos do Estado Maior de grandes unidades.

De acordo com o general Nunda, a preparação e o desenvolvimento das FAA deve, por isso, obter as capacidades estratégicas de mobilidade (projecção de forças), sustentabilidade, expansibilidade (pela mobilização), operacionalidade (actuação com prontidão e eficácia nos cenários de emprego) e modularidade (configuração da força requerida conforme o conflito).

Explicou que a directiva do Comandante-em-Chefe das FAA (José Eduardo dos Santos) sobre a reedificação do Exército Nacional, estabelece a criação de grandes unidades militares, de nível divisão e corpo de Exército, Aviação e a Frota Naval, com agrupamento operativo-estratégico para a Marinha de Guerra Angolana.

Segundo a alta patente, a directiva igualmente estabelece que devido à imprecisão das ameaças e dos riscos militares, a multiplicidade de missões e formas de actuação, bem como os difrentes níveis de  intensidade dos conflitos e ambientais e operacionais, configurando um quadro de incerteza e imprevisibilidade, a preparação das FAA deve ser dirigida para a obtenção de forças armadas, com base, não apenas nas ameaças, mas sobretudo, na capacidade e na prontidão.

O general Nunda apelou aos oficiais generais alistados para o referido curso a fazerem o maior aproveitamento dos três meses
de duração.

O programa da acção formativa contem disciplinas que permitirão aos discentes adquirir competências para o desempenho de funções de Comando, Direcção, Chefia e Estado Maior, no mais elevado escalão das unidades das FAA e a tomar conhecimento com matérias sobre segurança militar do estado, direito de guerra e edificação militar e construção das forças armadas.

O curso que inicia nesta terça-feira, 8, na Escola Superior de Guerra (ESG) do Estado Maior General das FAA, será ministrado por oficiais militares da Federação da Russa.

Fonte: Angop

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.