InicioAngolaMinistros da CPLP adoptam resolução sobre novos instrumentos de cooperação

Ministros da CPLP adoptam resolução sobre novos instrumentos de cooperação

Os ministros do Ambiente da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) aprovaram na Ilha de Sal, Cabo Verde, uma resolução sobre os novos instrumentos de cooperação no domínio do ambiente, com vista a conclusão, até Outubro deste ano, da elaboração de planos estratégicos previstos até 2014.

Sob presidência de Angola, os ministros do Ambiente que estiveram reunidos de 2 a 4 do mês em curso pretendem antes do final deste ano concluir a elaboração do Plano Estratégico de Cooperação em Ambiente (PECA), o programa de actividades para o biénio 2012 a 2014 e o de formação de quadros, para a promoção e capacitação técnico-institucional.

De acordo com o comunicado entregue hoje à Angop, os ministros nesta reunião, última da cúpula realizada no âmbito dos preparativos da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável “Rio+20”, defenderam a necessidade da criação de um centro internacional de investigação climática e aplicações para CPLP.

Com previsões de ser construído em Cabo Verde, os ministros vão propor tal intenção ao Conselho de Ministros da CPLP, para a sua análise e, se possível, aprovação.

Neste evento, em que Angola esteve representada pela titular da pasta, Maria de Fátima Jardim, os governantes aprovaram também o estabelecimento de um stand da Comunidade na Cimeira “Rio¬+20”, com vista a promoção da sua cultura e os seus feitos, do desenvolvimento sustentável e preservação ambiental.

Os ministros congratularam-se com o facto de na “Rio+20”, pela primeira vez, a língua portuguesa ser falada como língua oficial numa reunião das Nações Unidas.

A declaração de Sal também aprovada neste evento reafirma os compromissos da Declaração de Luanda de 22 de Março de 2012, que descreve o interesse da comunidade em desempenhar um papel activo e construtivo na realização e pós “Rio+20” no reforço da coordenação e diálogo intersectorial.

Durante o evento, sob presidência de Angola, os estados membros passaram em revista o cumprimento em retrospectiva da implementação da Agenda 21, bem como os compromissos com o chamado “desenvolvimento sustentável”, onde foi reconhecido o sucesso dos programas que têm sido desenvolvidos pelos países da comunidade, no âmbito da melhoria da qualidade ambiental e de vida das populações.

Balanço sobre as negociações em torno do relatório “O Futuro que Queremos” foram entre outros documentos revistos neste último encontro preparatório para a “Rio+20”, que vai decorrer de 20 a 22 de Junho, no Brasil..

FONTE. Angop

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.