InicioAngolaAngolanos residentes na Zâmbia convidados a visitar Angola

Angolanos residentes na Zâmbia convidados a visitar Angola

O secretário de Estado das Relações Exteriores para os Assuntos Políticos, Manuel Augusto, convidou os membros da comunidade angolana residentes na Zâmbia a visitar Angola, particularmente, a província de origem de cada um, afim de conhecerem a realidade das suas áreas.

Manuel Augusto fez este convite, hoje, segunda-feira, durante o encontro que manteve com os líderes dos núcleos da comunidade angolana.

“Este passo é para dar agora. A responsabilidade é vossa e não da Embaixada. Vocês terão de informar a Embaixada para onde as pessoas querem ir. É um trabalho sério” – sublinhou .

O secretário de Estado pediu para que, no levantamento a ser feito, seja levado em boa conta a juventude. “É necessário saber quem tem formação superior ou quem é enfermeiro. Esta é uma informação importante… a preocupação do Governo é construir casas em cada uma das capitais de província para dar condiões aos técnicos e estes por sua vez ajudarem a desenvolver as províncias…“ – explicou.

Manuel Augusto também esclareceu aos líderes da comunidade angolana que quando as condições e o número de pessoas tiver definido, o grupo que for a Angola terá a oportunidade de, nas suas respectivas províncias, contactar as autoridades governamentais locais, colocar as suas preocupações tal como lhe apresentaram e deste modo inteirar-se do que está a ser feito em termos de reconstrução nacional e desenvolvimento das localidades.

Para deslocação a Angola, os membros da comunidade foram aconselhados a criar um grupo heterógeno de observadores que posteriormente voltarão para descrever aos outros tudo o que virem.

O secretário de Estado das Relações Exteriores para os Assuntos Políticos, entre outras informações, disse a comunidade angolana que o comboio dos Caminhos-de-Ferro de Benguela chega ao Luau (Moxico), em Dezembro, e que o dos Caminhos-de-Ferro de Mocamedes, em breve, chegará a Menongue“.

Para mim, esta é a melhor notícia para aqueles que vivem aqui na Zâmbia. Com o comboio no Luau, as pessoas poderão chegar ao Lobito facilmente. Este esforço do Governo foi a pensar nos angolanos que estão aqui”.

Ao enumerar outras acções do Governo, Manuel Augusto destacou o trabalho de reabilitação que está a ser executado na via que liga Cazombo( Moxico) a Solwezy (Zambia).

Tendo em conta que, no dia 30 de Junho deste ano, termina o Estatuto do Refugiado, o secretário de Estado das Relações Exteriores exortou os angolanos que desejem regressar para que o façam antes do fim do prazo.

“Depois disso, os que continuarem na Zâmbia ficarão por sua conta. A responsabilidade do Governo é não deixar que o seu povo sofra nem no país nem no estrangeiro” – realçou.

Apesar, desta visão do Governo, Manuel Augusto enfatizou que o cidadão que se sinta bem na Zâmbia pode permanecer nesse país. “ Há um princípio universal que diz que o homem deve viver onde se sinta bem. Mas o Governo não aceita é que com Angola em Paz um angolano sofra fora do seu país. A paz e a reconciliação nacional são verdadeiras. Todos hoje estamos a trabalhar juntos”.

O secretário de Estado das Relações Exteriores encontra-se na Zambia desde domingo a convite das autoridades desse país. Hoje, encontrou-se com o vice-ministro zambiano dos Negócios Estrangeiros, Effron Lungu, com quem abordou questões de carácter bilateral. No período da tarde, esteve com os líderes da comunidade angolana e com os empresários angolanos que, a partir de terça-feira, participam no primeiro Fórum Bilateral sobre Comércio e Investimento Angola/Zâmbia.

O secretário de Estado das Relações Exteriores fará a abertura do Fórum.

FONTE: Angop

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.