InicioEconomiaPrograma de empreendedorismo mobiliza comunidades do interior

Programa de empreendedorismo mobiliza comunidades do interior

O director regional do Banco Nacional de Angola (BNA) para as províncias do Huambo, Bié e Kuando-Kubango, Jerónimo Lara, considerou na quinta-feira, na cidade do Cuito, Bié, que o programa de empreendedorismo que está a ser incrementado pelo Executivo vai possibilitar o desenvolvimento socioeconómico do país.
O responsável, que falava à Angop após uma palestra subordinada ao tema “ O Empreendedorismo”, sublinhou que a aplicação deste projecto constitui um ganho para a população e vai, igualmente, contribuir para o crescimento socioeconómico das regiões do país.
Jerónimo Lara apontou como vantagem deste programa, o facto de possibilitar que as empresas criem novos postos de emprego para as populações, com maior destaque para a camada juvenil.
Defendeu ainda a necessidade das agências bancárias melhorarem a prestação de serviço no tocante à burocracia que se verifica constantemente nos bancos.
“É importante que as agências bancárias atendam com rapidez e eficiência as necessidades de empreendedorismo nas comunidades, com vista a dinamizar a multiplicação de empresários”, enfatizou.
O director regional do BNA pediu aos empreendedores para, por seu lado, clarificarem melhor os seus programas, de modo a possibilitar que as instituições bancárias autorizem os créditos.Participaram no evento mais de 300 cidadãos, com destaque para representantes de agências bancárias, políticos e empresários.

Formação da Caála

À volta de 150 populares do município da Caála, Huambo, participam, na quinta-feira, numa acção de formação sobre empreendedorismo promovida pela administração local em parceria do Instituto Nacional de Formação Profissional (Inafop). Com a duração de três dias, o evento visa o desenvolvimento de técnicas de comercialização e definir projectos económicos nas comunidades para combater a pobreza. Os participantes discutiram questões sobre empreendedorismo na comunidade, noções básicas de gestão, marketing, função da empresa, custos e preços, controlo de negócios, concorrência, cliente, fornecedores, mercado e outras técnicas de âmbito da gestão para rentabilizar o comércio nas comunidades rurais e urbanas. Na cerimónia de abertura, o chefe de secção de Geologia e Minas da administração municipal da Caála, Isidro Kapitia, anunciou que acções formativas do género vão ter lugar nas comunas da Calenga, Cuima e Catata, para abranger maior número de cidadãos interessados a desenvolver o comércio e a promover o desenvolvimento socioeconómico, partindo dos recursos locais.  Esta acção formativa é a primeira que decorre no município da Caála.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.