InicioCulturaMúsico Coréon Dú aprecia teatralidade

Músico Coréon Dú aprecia teatralidade

A teatralidade das festas de quintal em Angola foi apresentada, sexta-feira, em Luanda, ao público, no documentário “Festa de Quintal: Teatro Domiciliar Angolano”, realizado por Coréon Dú em parceria com Ademir Cavalcanti e Sissi Bembom.
O filme foi feito, de acordo com o realizador, pela importância que esta realidade atingiu no seio dos hábitos e costumes da nova sociedade moderna nacional.
O documentário nasceu da pesquisa sobre a “teatralidade das festas feitas em casas e do propósito de criar um paralelo entre as comemorações angolanas e as de outras culturas”, uma vez que existe em todo mundo algum tipo de acontecimento, que serve para juntar amigos ou familiares para conviverem, explica Coréon Dú. “Em Angola, a dança está muito presente, por isso, quis falar da teatralidade e de alguns hábitos nacionais ligados a esta arte”, acrescentou. Para isso, recolheu várias informações, fez diversas filmagens e entrevistou pessoas ligadas às artes visuais.
“Festa de Quintal: Teatro Domiciliar Angolano”, mostra, de acordo com o seu autor, além de uma intimidade entre as pessoas, momentos agradáveis do falecido bailarino Mateus Péle do Zangado a exibir a sua experiência na dança.
O projecto, esclareceu Coréon Dú, pretende valorizar a ancestralidade e os aspectos rurais que se interligam com os reflexos urbanos.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.