InicioVidaSaúdeCentros de reabilitação física registam quebra na produção

Centros de reabilitação física registam quebra na produção

Os principais centros de reabilitação física no país registam, há já três anos, uma quebra na produção de próteses, órteses e muletas por falta de matéria-prima.
A coordenadora nacional do Programa de Reabilitação do Ministério da Saúde, Noélia Teixeira, disse, quinta-feira, à comunicação social, que estão a ser feitos esforços para que a actividade destas instituições volte à normalidade e reconheceu que os centros não têm recebido as quantidades  necessárias de material para poderem trabalhar sem sobressaltos.
Sem avançar dados sobre os níveis de produção registados antes desta situação, esclareceu  que os 11 centros, três dos quais instalados em Luanda, nunca foram encerrados mesmo com as dificuldades por que passam.
“Estamos a ajudar naquilo que o Ministério da Saúde pode fazer, visto que ainda existem centros ortopédicos sem orçamento próprio”, disse Noélia Teixeira.
Recentemente, o director do centro de  reabilitação física Agostinho Neto, na província do Huambo, José Tchioca, disse que a instituição precisava de mil milhões de kwanzas para poder revitalizar a linha de produção de próteses, paralisada há mais de um ano por falta de matéria-prima. O centro, que é apoiado pela Cruz Vermelha Internacional (CICV), chegou a produzir uma média diária entre 70 e 90 próteses e 120 a 150 pares de muletas, quantidades que satisfaziam as necessidades e solicitações de vários pontos do país, entre os quais as províncias do Bié, Benguela, Huíla, Kuando-Kubango, Moxico e o próprio Huambo. Enquanto se procuram vias para ultrapassar a actual situação, o Ministério da Saúde, no quadro da sua política nacional de reabilitação de pessoas com deficiência, continua a formar quadros em fisioterapia e ortopedia.
Com seis objectivos e 24 estratégias, o programa nacional de reabilitação do sector da saúde colabora no incremento de acções destinadas a melhorar a qualidade de vida dos deficientes e pessoas com necessidades especiais em Angola.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.