InicioAngolaRegiõesNúmero de voos no aeroporto de Ndalatando é muito reduzido

Número de voos no aeroporto de Ndalatando é muito reduzido

A frequência de voos no aeroporto de Ndalatando “Comandante Ngueto”, cinco meses após a sua inauguração, é diminuta, reconheceu ontem, o encarregado da Empresa Nacional de Navegação Aérea (ENANA) no local.
Francisco António adiantou à Angop que o aeroporto regista, em média, um voo por semana, número considerado muito reduzido, tendo em conta as excelentes condições de aterragem que o empreendimento oferece.
Segundo o responsável, não há qualquer razão plausível que justifique esta situação, embora tenha admitido que a proximidade entre Ndalatando e Luanda, aliada ao facto de a província ser servida por comboio e por diversas carreiras de autocarros e táxis, fruto das óptimas condições das estradas, pode estar na base do fraco interesse das companhias aéreas em voar para a região, por falta de passageiros.
“As poucas aeronaves que aterram neste aeroporto, regra geral, são fretadas por instituições bancárias para transportarem as suas cargas e respectivos acompanhantes”, afirmou, acrescentando que desde a sua inauguração o aeroporto ainda não recebeu nenhum voo com passageiros.
A irregularidade de voos no referido aeroporto está a preocupar a direcção da ENANA, retardando o retorno dos investimentos feitos na sua reabilitação e modernização.
“Esse retorno só é possível mediante a frequência de voos com o pagamento de taxas aeroportuárias”, referiu, sublinhado que quantas mais aeronaves aterrarem no aeroporto, mais cedo se pode recuperar os investimentos realizados.
Francisco Domingos António acredita num aumento de frequência de voos no futuro, com o relançamento da exploração mineira na província, facto que vai atrair um número considerável de empresários à região.

O aeroporto está preparado para receber aeronaves desde do tipo Fokker 50 aos Embrair 120, 135, 145 e outros de médio porte a hélices. A infra-estrutura aeroportuária foi inaugurada em Dezembro de 2011 depois de ter beneficiado de obras de requalificação, orçadas em 57 milhões de dólares. Compreende um hangar com capacidade para quatro aviões, unidades dos Serviços de Bombeiros, stocks de combustíveis, estacionamento de viaturas e placa de apoio à descolagem e aterragens de aeronaves.
O seu terminal (aerogare) pode receber 100 passageiros e está equipado com tecnologia de ponta. Possui salas de embarque e desembarque, passadeiras rolantes, sala VIP, restaurante, lavabos, sistema de som e placares informativos, e está totalmente climatizada.
Tem uma pista de 2.300 metros de comprimento e 30 de largura e faixas laterais da pista com 75 metros em cada lado. O recinto aeroportuário conta ainda com serviços de meteorologia, alfândegas e uma unidade da Polícia Nacional, que concorrem para a sua segurança e o normal funcionamento.
O empreendimento aeroportuário localiza-se na localidade de Carianga, no município de Cazengo, a sete quilómetros de Ndalatando, capital da província do Kwanza-Norte. Está a pouco menos de mil metros da estrada nacional 220, que liga Luanda às províncias do leste do país, Malange, Lunda-Norte e Sul e Moxico.

FONTE: JA

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.