InicioDestaquesAngola possui capacidade de produção para começar a exportar banana

Angola possui capacidade de produção para começar a exportar banana

O que é preciso, dizem produtores e governantes, é investir na «excelência», nomeadamente em termos de qualidade, canais de distribuição, embalagem e imagem.

Angola possui capacidade de produção para começar a exportar banana. O que é preciso, dizem produtores e governantes, é investir na «excelência», nomeadamente em termos de qualidade, canais de distribuição, embalagem e imagem, ou seja, uma estratégia de marketing adequada.

A totalidade da banana consumida em Angola é de produção nacional. A garantia é dos ministros da Agricultura e da Economia, respetivamente Abraão Gourgel e Pedro Canga, que já haviam feito essa revelação na I Feira Nacional da Banana, realizada em Caxito, capital da província do Bengo, perto de Luanda, de 24 a 27 de fevereiro. Os governantes não avançaram números, mas lembraram que todos os anos a produção de banana no país tem registado grandes excedentes.

Gourgel e Canga, que denunciaram os comerciantes que apresentam o produto como sendo «importado», explicaram que o aumento da produção de banana no país deve-se a um conjunto de investimentos públicos no domínio das infraestruturas de irrigação e por uma «forte» intervenção do setor privado.

A produção anual de bananas, em Angola, segundo dados do ministério da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pescas, é de 2,5 milhões de toneladas. O ranking das regiões que
mais produzem banana é liderado pela província de Benguela, seguindo-se as do Kuanza Sul e do Bengo. Devido aos atuais índices de produção, começam a surgir, em várias províncias, fábricas de transformação de derivados da banana.

O próximo passo parece ser, naturalmente, a exportação. «Angola vai começar a exportar banana nos próximos tempos», assegurou o ministro da Economia, sem definir com exatidão o horizonte temporal em que isso poderá acontecer. O ministro da Agricultura acrescentou que o governo vai fornecer aos produtores «os meios técnicos necessários para melhorar a produção, preservar as variedades locais, organizar sistemas de comercialização e de distribuição, implantar as agroindústrias, entre outras ações».

FONTE: África XXI

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.