InicioAngolaOs 10 segredos para um coração saudável

Os 10 segredos para um coração saudável

Milhares de pessoas sofrem de doenças do coração, isso é um facto. Outras milhares morrem por ano por causa dessas mesmas doenças. Mas o que poderia ser feito para evitar esse tipo de problemas? Saiba que a prevenção é o melhor remédio, é muito mais fácil evitar que algo aconteça ao nosso coração do que curar um problema que já existe. Hoje trago 10 dicas de como prevenir seu coração de doenças e deixá-lo mais saudável.

Tome leite

Estudos têm demonstrado que o consumo regular de pelo menos 4 porções diárias de lacticínios com pouca gordura ajudam a baixar a pressão arteriana, ajudando a reduzir os riscos de ataques cardíacos e derrames. Além disso outras proteínas do leite, vitamina D, cálcio e magnésio podem trazer benefícios para a saúde do coração. Mas lembre-se que o leite consumido deve ser o desnatado, ou pelo menos semi-desnatado ou light, que tem menos gordura que o leite integral.

Faça exercícios físicos leves

Alguns exercícios físicos leves como o Tai Chi (uma arte marcial chinesa que inclui sequências de movimentos lentos e relaxantes) podem ser uma boa opção para baixar a pressão arterial, que causa as doenças do coração.

Coma peixe

Sem dúvida nenhuma o consumo de peixes, ricos em ômega 3, assunto já tratado aqui no blog, ajuda em muito a prevenir doenças coronarianas. Isso deve-se ao facto de que o consumo regular de peixe faz com que o ritmo cardíaco diminua, principalmente quando estiver em repouso, já que um ritmo acelerado das batidas do coração quando em repouso pode causar morte súbita.

Consuma sumo de romã

Estudos recentes têm demonstrado que o sumo de romã pode ajudar a reduzir o endurecimento das artérias, diminuindo o colesterol e prevenindo problemas do coração. Estudos demonstraram que o consumo diário do  sumo de romã impediu a rigidez das artérias e retardou a oxidação do colesterol pela metade.

Abuse da soja

Todos os derivados da soja como tofu, leite de soja e proteína da soja possuem grande quantidade de gorduras polinsaturadas, fibras, vitaminas e minerais e são pobres em gorduras saturadas, dentre eles, em especial, o molho de soja, também conhecido como shoyu, contém 10 vezes mais antioxidantes do que o vinho, e por isso o seu consumo regular em saladas, molhos e sopas ajuda a combater as substâncias prejudiciais ao coração. Porém esses molhos normalmente possuem muita quantidade de sal, que eleva a pressão, por isso escolha os que contenham menor quantidade desse mineral.

Ria muito

Ainda não se sabe ao certo o porquê, mas pessoas que dão mais risadas e são mais bem humoradas tem menos chances de ter problemas no coração. Estudos dizem que o stress mental está associado ao comprometimento do endotélio, a barreira protectora dos nossos vasos sanguíneos. Isso pode causar uma série de reacções inflamatórias que levam ao acúmulo de gordura e colesterol nas artérias e ao ataque cardíaco. Também foi observado que pessoas que assistiram a filmes de comédia tiveram um melhor fluxo do sangue em comparação àqueles que assistiram dramas.

Durma bem

Pessoas que dormem menos de 5 horas por dia têm 30% a mais de risco de desenvolver doenças cardíacas do que as que dormem 8 horas. Estudos demonstraram que a privação do sono resulta em constrição dos vasos sanguíneos e ao aumento da pressão arterial. Além de também afectar a regulação de açúcar no sangue, com a privação do sono, o  seu corpo exige maior quantidade de insulina para manter o nível de açúcar num nível aceitável, e níveis elevados de insulina e a não regulação dos níveis de açúcar no sangue são os principais contribuintes para o desenvolvimento da doença vascular, que pode levar a doenças cardíacas.

Respire fundo

Estudos dizem que é possível baixar a pressão arterial se fizer uma respiração mais lenta e profunda, com cerca de 10 respirações por minuto (ao invés do número de 16 a 19 respirações normais) por 15 minutos por dia durante 2 meses.

Prefira os ritmos lentos

Um estudo relatou que ao escutar ritmos musicais lentos ou músicas calmas para meditação, ajudam a levar a frequência cardíaca a níveis saudáveis, enquanto que músicas rápidas aceleram a respiração e a circulação. Ouvir músicas que você gosta pode ajudar a dilatar os vasos sanguíneos em 26%, o que impede a formação de coágulos sanguíneos e a arterosclerose, já ouvir músicas que não gosta estreita os vasos em 6%, por isso se quer ouvir só o que gosta, não obrigue seu vizinho a ouvir a mesma coisa, ele pode não gostar.

Faça caminhadas

Fazer caminhadas é o melhor exercício físico para ajudar a prevenir problemas do coração. Ao contrário das corridas, que aceleram os batimentos cardíacos e podem causar um ataque cardíaco, as caminhadas são mais suaves e ajudam a reforçar o coração, assim como outros músculos e reduzir o colesterol. Bastam 30 minutos de caminhada leve por dia para reduzir pela metade o risco de ataques cardíacos.
Vale lembrar ainda que uma alimentação saudável, com menos açúcares e gorduras, e também o consumo de alimentos funcionais ajudam a prevenir não só doenças cardíacas mas também o cancro, hipertensão diabetes e osteoporose. Por isso mude já sua alimentação para hábitos mais saudáveis.
Fonte: alimentação saudável

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.