InicioAngolaRegiõesNharea renasce em tempo de paz

Nharea renasce em tempo de paz

O sector da Saúde e da Educação são os que mais se desenvolveram na região com o surgimento de mais escolas e postos médicos.

As marcas deixadas pela guerra estão a ficar para trás no município de Nharea, graças à construção de novas infra-estruturas, disse ontem ao Jornal de Angola o administrador da circunscrição.
Nicolau Sapalo destacou os sectores da Saúde, Educação e Agricultura como sendo aqueles que mais se desenvolveram na região, ao mesmo tempo que realçou o facto de as vias de comunicação que ligam o município a outras localidades serem hoje transitáveis.
O esforço do governo é visível em quase todas áreas e, prova disso, são as centenas de pessoas que outrora viviam em condições precárias, em tendas e cubatas de pau, e que actualmente têm uma habitação digna erguida pela população, com o apoio das entidades governamentais.
O administrador realçou o sector da Educação que, só no ano passado, recebeu 133 novos professores, admitidos através do concurso público, que se juntaram a outros 1.435, permitindo uma redução considerável de crianças fora do sistema de ensino.
“O número de crianças que não vai à escola ainda é elevado, devido à insuficiência de escolas, mas estamos certos que vamos conseguir diminui-lo”, refere Nicolau Sapalo, notando que, apresar disso, o sector da Educação é o que mais tem crescido nos últimos tempos.
Este ano lectivo foram matriculados 38.480 alunos, da iniciação à 12ª classe, que estudam em 259 escolas do ensino primário, sete do I ciclo e uma do II ciclo.
Nicolau Sapalo garantiu a existência de projectos de construção de mais escolas e casas para os professores, em vários comunas, aldeias e ombalas. A maioria das infra-estruturas localizadas na sede municipal de Nharea encontram-se em avançado estado de degradação, situação que a administração pretende inverter rapidamente com obras de reabilitação. “Pensamos recuperar todas as infra-estruturas de impacto social do município e, para isso, estamos em perfeita sintonia com o governo provincial e a sociedade civil”.

FONTE: JA

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.