InicioMundo LusófonoGuiné-BissauGuiné-Bissau: Jornalistas "estão a ser perseguidos", acusa sindicato

Guiné-Bissau: Jornalistas “estão a ser perseguidos”, acusa sindicato

“Penso que é preciso responsabilizar pessoas e o comando militar pela segurança da vida dos jornalistas.”

Na Guiné-Bissau jornalistas estão a ser perseguidos no desempenho das suas funções, denunciou o presidente do Sindicato Nacional de Jornalistas e Técnicos da Comunicação Social, Mamadu Cande.

Falando por ocasião do Dia Mundial da Liberdade de imprensa Cande disse que o comando militar que assumiu o poder na no país a 12 de Abril disse que “isso está fora do seu controle”.

“Penso que é preciso responsabilizar pessoas e o comando militar pela segurança da vida dos jornalistas,” acrescentou.

O dirigente sindicalista disse que depois do golpe de estado se tinha também registado grande censura por parte dos militares.

Ouça a reportagem do Lassana Cassamá com declarações do dirigente do sindicato dos jornalistas em que este também se referiu à falta de condições materiais para o exercício das suas funções

OUÇA AQUI A REPORTAGEM

FONTE: Voa

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.