Portal de Angola
Informação ao minuto

FAB desmente Carlos Júlio

O árbitro internacional Carlos Júlio, que foi nomeado pela Fiba-Mundo para apitar o Campeonato do Mundo de Basquetebol em sub-17, a decorrer na Lituânia, em Julho do ano em curso, pode falhar a competição, caso a direcção da Federação Angolana de Basquetebol (FAB) não confirme até amanhã, dia 25, a sua participação no evento. Em declarações ao Jornal dos Desportos, Carlos Júlio, um dos árbitros mais categorizados do país e do continente africano, afirmou que a direcção da FAB foi notificada pela Fiba-Mundo a 14 de Fevereiro último, mas, até ao final do dia de ontem, não tinha sido informado sobre a sua nomeação.

“Tive conhecimento da minha nomeação para apitar no Campeonato do Mundo de sub-17 a disputar-se na Lituânia na segunda quinzena do mês de Fevereiro mas, por mais incrível que pareça, até hoje (ontem) a direcção da FAB ainda não me notificou”, desabafou Carlos Júlio. O também presidente da Associação Nacional dos Juízes e Cronometristas de Basquetebol de Angola (ANJBA) disse, por outro lado, que em diversas ocasiões abordou o secretário-geral da FAB, Tony Sofrimento, sobre a sua nomeação, mas este sempre afirmou que a direcção da federação não havia recebido qualquer notificação da Fiba-Mundo, dando conta da indicação de Carlos Júlio para ajuizar no Campeonato do Mundo da Lituânia.

Carlos Júlio tem já em sua posse a notificação que a Fiba-Mundo endereçou à FAB mas, devido à ausência do Tony Sofrimento, que não se encontra em Luanda, viu-se impossibilitado de esclarecer a situação. “Há uma semana que procuro contactar o senhor Tony Sofrimento, mas, a nível da federação ninguém sabe do seu paradeiro, o que torna mais difícil ainda a minha situação, dado o pouco tempo que resta para a confirmação”. Carlos Júlio manifestou-se preocupado com a situação, porque, ao fim ao cabo, quem perde é o país. “As pessoas estão a pensar em Carlos Júlio mas, honestamente falando, quem perde é o país e não eu”. No seu palmarés constam já cinco Campeonatos do Mundo, sendo um de seniores masculinos, quatro Afrobasket, além dos vários torneios internacionais. O Jornal dos Desportos procurou ouvir Tony Sofrimento, mas fomos mal sucedidos.

BAI-BASKET
Aviadores recebem hoje militares

A formação do 1º de Agosto pode somar o 41º ponto na 34ª edição do Campeonato Nacional de Basquetebol em seniores masculinos (BAI-Basket), caso vença esta noite, no Pavilhão Anexo número dois da Cidadela, a similar do Atlético Sport Aviação (ASA), em partida da 21ª jornada. A equipa militar cimentou o primeiro lugar, agora com 38 pontos, mercê do triunfo obtido ontem, frente ao Sporting de Cabinda, conjunto que continua a clamar pelos seus salários. Com uma equipa mais recheada em termos de valores individuais, a formação rubro-negra é apontada como favorita à conquista dos dois pontos. Apesar do favoritismo, o ASA, orientado por Carlos Dinis, vai procurar contrariar ao máximo o favoritismo dos militares.

No Pavilhão 28 de Fevereiro, o Interclube recebe o Clube Amigos de Viana, às 16h00, o Petro de Luanda defronta a modesta equipa do Vila Clotilde, no Anexo, a partir das 16h00, ao passo que o Libolo defronta às 16h00, no Pavilhão Principal, o Sporting de Luanda. O Vila Estoril joga frente ao Cduan, no Anexo, às 18h00. Lusíada e Sporting de Cabinda jogam no Dream Space.
MC

Convite
Fiba-Mundo chama
vinte e três “apitos”

Para o Campeonato do Mundo de Basquetebol em sub-17, a disputar-se de 29 de Junho a 8 de Julho na Lituânia, a Fiba-Mundo nomeou 23 árbitros. Carlos Júlio aparece em nono lugar, como de resto ilustra a carta convite a que o Jornal dos Desportos teve acesso. Carlos Júlio e Aníbal Manave serão os embaixadores africanos no Campeonato do Mundo da Lituânia.

NBA
Leandrinho “supera” Nenê

No primeiro encontro dos brasileiros Leandrinho e Nenê nas suas novas equipas, melhor para o base dos Pacers, que viu o Indiana virar sobre os Washington Wizards no fim e vencer por 85-83 na casa do adversário, na capital americana, em jogo da temporada regular da NBA.  No duelo particular, porém, vantagem para o poste: titular, marcou seis pontos, cinco ressaltos e duas assistências e ficou mais de 31 minutos em quadra, enquanto o compatriota foi reserva, actuando por quase 15 minutos e anotando apenas dois pontos, com uma assistência e um ressalto capturado.

A equipa visitante entrou no quarto período com nove pontos de desvantagem, mas aos poucos foi tirando a diferença. O resultado mantém os Pacers na quinta posição na Conferência Leste. O poste Roy Hibbert foi o destaque dos Pacers ao marcar 19 pontos. Pelos Wizards, o base Jordan Crawford anotou 21 pontos e foi o cestinha.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »