InicioEconomiaTAAG pretende chegar a três estrelas no ranking Skytrax

TAAG pretende chegar a três estrelas no ranking Skytrax

As Linhas Aéreas de Angola (TAAG) tem como meta para o ano de 2012 chegar as três estrelas no ranking internacional Skytrax, que avalia a qualidade de serviço ao cliente em companhias aéreas.

De acordo com uma nota de imprensa, para alcançar o referido objectivo tem de haver maior seriedade, mudando a forma de trabalhar, visando maior rigor, profissionalismo, responsabilização e uma atitude totalmente orientada ao serviço do cliente.

A nota informa que 2012 deve ser marcado por quatro grandes bandeiras (os 4 “C”), que deverão estar sempre presentes e servir de azimute às acções de todos os trabalhadores, como Crescimento, Capacidade, Controlo e Cliente.

Dentro das prioridades, constam igualmente o alargamento da oferta, lançando o destino regional de Cotonou, reforçando frequências na rede doméstica, internacional, e estabelecendo alianças e parcerias estratégicas para fomentar o tráfego de ligação.

Optimizar a receita média, dedicando especial atenção à área de Pricing e Revenue Management, desenvolver um novo modelo de negócio de carga, aliançado na capacidade acrescida da nova frota de longo curso, alargar a implementação do plano comercial a todos os pontos de venda, são outras prioridades.

Consta igualmente no plano de acção, apostar decididamente no desenvolvimento de talento interno através da optimização dos processos de avaliação interna e da expansão da “TAAG corporate academy”, consolidar o esforço de capacitação técnica dos quadros operacionais da companhia, capacitar e optimizar a área de manutenção da TAAG e lançar programas de formação executiva para quadros de topo.

Fonte: Angop

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.