- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Política ONU manifesta-se pronta a ajudar no processo eleitoral angolano

ONU manifesta-se pronta a ajudar no processo eleitoral angolano

A Organização das Nações Unidas (ONU) manifestou-se, segunda-feira, pronta a providenciar apoio a Angola no que toca a preparação do processo eleitoral que se avizinha.

Este facto foi manifestado pelo secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, quando falava à imprensa momentos antes da sua partida de Luanda, após uma visita de trabalho de cerca de 48 horas.

O líder da ONU referiu que a organização possui peritos nesta matéria e tem já colaborado com vários países, dai o facto de estarem abertos a fornece-lo e iniciar qualquer tipo de assistência técnica, uma vez que seja necessário para Angola.

No entanto, Ban Ki-moon considerou que o país está em condições de realizar eleições em 2012.

Em relação aos partidos políticos da oposição, disse que estes jogam papel importante para fortalecimento da democracia, o que constitui uma questão crucial quando se fala de processos eleitorais.

De igual modo, enalteceu ainda o papel da sociedade civil e a sua importância sobretudo neste momento em que o país está a preparar as próximas eleições.

Fonte: Angop

- Publicidade -
- Publicidade -

Angola: Onde estão os sindicatos no novo conselho de João Lourenço?

Convidado a integrar o novo Conselho Económico e Social de João Lourenço, o economista Carlos Rosado de Carvalho diz-se "surpreendido" com o número de...
- Publicidade -

Bancos africanos são vítimas do ‘rating’ dos países em que operam, diz Moddy’s

Em causa os efeitos e dificuldades resultantes da pandemia de covid-19. A agência de notação financeira Moody's alertou que a análise sobre a qualidade de...

Angola: “Liberdade, Justiça, Emprego, Educação”, pedem manifestantes

Centenas de angolanos saíram à rua para mostrar a sua insatisfação com o Governo e exigir mais empregos. Foi a segunda manifestação em Luanda...

Cardeal italiano demitido de Vaticano por suspeitas de desvio de fundos

O italiano Angelo Becciu, tido a data como um dos cardeais mais influentes do Vaticno, foi obrigado a renunciar ao seu cargo, devido à...

Notícias relacionadas

Angola: Onde estão os sindicatos no novo conselho de João Lourenço?

Convidado a integrar o novo Conselho Económico e Social de João Lourenço, o economista Carlos Rosado de Carvalho diz-se "surpreendido" com o número de...

Bancos africanos são vítimas do ‘rating’ dos países em que operam, diz Moddy’s

Em causa os efeitos e dificuldades resultantes da pandemia de covid-19. A agência de notação financeira Moody's alertou que a análise sobre a qualidade de...

Angola: “Liberdade, Justiça, Emprego, Educação”, pedem manifestantes

Centenas de angolanos saíram à rua para mostrar a sua insatisfação com o Governo e exigir mais empregos. Foi a segunda manifestação em Luanda...

Cardeal italiano demitido de Vaticano por suspeitas de desvio de fundos

O italiano Angelo Becciu, tido a data como um dos cardeais mais influentes do Vaticno, foi obrigado a renunciar ao seu cargo, devido à...

Mali: Presidente e vice-presidente de transição já tomaram posse

Esta sexta-feira, no Mali, vão tomar posse o novo presidente de transição, o general na reserva Bah N’Daw, e o novo-vice-presidente, o coronel Assimi...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.